Superbike

Lowes deixa Rea para trás e põe Yamaha na ponta no 1º dia de testes do Mundial de Superbike em Jerez

Com 1min40s442, Alex Lowes assegurou a liderança do primeiro dia de testes do Mundial de Superbike em Jerez de la Frontera. 0s008 mais lento, Jonathan Rea fez o segundo melhor registro, com Leon Haslam aparecendo para completar o top-3

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Alex Lowes abriu a temporada 2091 no topo da tabela de tempos. Com 1min40s442, o #22 bateu Jonathan Rea e colocou a Yamaha na liderança no primeiro dia de testes do Mundial de Superbike em Jerez de la Frontera, na Espanha. Leon Haslam completa o top-3.
 
O primeiro dia de atividades na pista andaluz contou que 16 pilotos do Mundial de Superbike e outros 12 do Mundial de Supersport. No traçado recém-recapeado, os competidores conseguiram aproveitar um dia de sol, apesar das baixas temperaturas.
 
Com pouco menos de 2h de atividade, Lowes chegou a 1min40s442 e assumiu a ponta. Campeão vigente, Rea se aproximou, mas, por 0s008, acabou com o segundo tempo. De volta ao Mundial de Superbike, Haslam foi 0s4 mais lento que o companheiro de Kawasaki e ficou com o terceiro posto.
Alex Lowes liderou o primeiro dia de testes em Jerez (Foto: Divulgação/WSBK)
A bordo de uma ZX-10RR da satélite Puccetti, Toprak Razgatlioglu foi a 1min41s001 e ficou com o quarto posto, 0s046 melhor que Michael van der Mark, que aparece para fechar o top-5.
 
Pela GRT Yamaha, Marco Melandri e Sandro Cortese, que estreia na classe principal da série das motos de produção em 2019, também mostraram bom ritmo e fecharam dia em sexto e sétimo, separados por 0s084.
 
Com a equipe de testes da HRC para a MotoGP, Stefan Bradl participou da sessão enquanto se prepara para o teste coletivo da classe rainha do Mundial de Motovelocidade em Sepang no próximo mês. O germânico cravou 1min41s370 e ficou com o oitavo posto da tabela, 0s928 mais lento que Lowes.
 
Com 1min41s375, Chaz Davies ficou com o nono posto, 0s482 à frente de Álvaro Bautista, que estreia no WSBK em 2019. A dupla da Ducati está usando uma Panigale V4 R nova.
 
Os treinos continuam nesta quinta-feira, quando os pilotos completam a bateria de dois dias de testes.