Superbike
25/06/2018 09:54

Rea tem fim de semana irretocável, vence duas vezes nos EUA e abre 75 pontos de vantagem no Mundial de Superbike

Jonathan Rea mais uma vez se mostrou dominante a bordo da Kawasaki ZX-10RR e venceu as duas provas da rodada dupla de Laguna Seca. Com o resultado na Califórnia, o norte-irlandês chegou aos 320 pontos e abriu 75 de vantagem para Chaz Davies, o segundo na classificação do Mundial de Superbike
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Jonathan Rea (Foto: Provec)

Jonathan Rea segue caminhando firme e forte rumo ao tetracampeonato do Mundial de Superbike. No último fim de semana, o norte-irlandês voltou a exibir uma performance dominante a bordo da ZX-10RR da Kawasaki e venceu duas vezes na rodada dupla de Laguna Seca, ampliando para 75 pontos sua vantagem no topo da classificação.
 
Pole-position na pista norte-americana, Chaz Davies fez uma boa saída na primeira perna da rodada dupla e chegou até mesmo a abrir vantagem na ponta, mas, na sexta volta, escapou no saca-rolha e permitiu que Rea tomasse a liderança. Com seu tradicional ritmo forte, o #1 tratou de escapar na ponta para receber a bandeirada com 2s978 de margem para o piloto da Ducati.
Jonathan Rea lidera o Mundial de Superbike com 75 pontos de vantagem (Foto: Provec)
Alex Lowes bateu Tom Sykes pelo terceiro posto algumas voltas mais tarde, mas o piloto da Kawasaki sendo superado por Eugene Laverty pouco depois. Com o #66 perdendo ritmo na segunda metade da disputa, Marco Melandri tomou a quinta colocação, com Xavi Forés ficando em sexto. Sykes, então, foi só o sétimo.
 
Michael van der Mark bem que tentou passar Sykes, mas acabou em oitavo, à frente de Jordi Torres e Jake Gagne, que conseguiu seu melhor resultado no ano.
 
No complemento da rodada, Rea fez uma réplica da prova de sábado. Nono no grid por conta do sistema de alinhamento reverso, Johnny tomou o segundo lugar de Van der Mark ainda na quarta volta e passou a perseguir Laverty, que liderava a disputa.
 
Na sétima volta, Rea tomou a liderança e logo construiu uma ampla vantagem para vencer pela quarta vez em Laguna Seca e se tornar o piloto com mais triunfos no traçado norte-americano.
 
Davies, por sua vez, também conseguiu passar Laverty e ficou com o segundo posto, deixando ao piloto da Milwaukee Aprilia o último degrau do pódio. Foi o primeiro pódio de Eugene em quatro anos ― desde a corrida dois de Sepang de 2014. 
 
Lowes, então, superou uma dura disputa com Van der Mark para ficar com a quarta colocação, com Forés aparecendo em sexto, seguido por Torres. Sykes não fez uma boa apresentação e acabou só em oitavo, com Gagne conquistando o nono lugar, seu melhor resultado. Loris Baz colocou a Althea BMW na décima posição.
 
Com o resultado da rodada dupla de Laguna Seca, Rea chegou aos 320 pontos e agora lidera o Mundial de Superbike com 75 de vantagem para Davies. Van der Mark tem o terceiro posto na classificação, à frente de Sykes e Lowes. Melandri, Forés, Toprak Razgatlioglu, Laverty e Torres completam o top-10.
 
Na disputa entre os Construtores, a Kawasaki segue na liderança, agora com 345 pontos, 45 a mais que a Ducati, a segunda colocada. A Yamaha aparece na terceira posição, à frente de Aprilia, Honda, MV Agusta, BMW e Suzuki.
 
HISTÓRIA ESCRITA SEM BRILHO

REGULAMENTO TIRA BRILHO DE VITÓRIA DA TOYOTA EM LE MANS