Truck

Após sucesso em Campo Grande, organização da Copa Truck promete mais ações de interação com público

Quem foi ver de perto as disputas da Copa Truck em Campo Grande, no final de julho, teve a chance de viver experiências diferentes com a categoria. Carlos Col, chefão da Copa Truck, diz que ações nessa direção vão continuar
Warm Up / VINÍCIUS PIVA, de São Paulo
 Roberval Andrade junto ao público de Campo Grande (Foto: Duda Bairros)
Além das grandes disputas na pista, o público que compareceu ao autódromo para acompanhar a prova de Campo Grande, que abriu as disputas da Copa Centro-Oeste, teve a oportunidade de viver mais intensamente a experiência da Copa Truck.
 
A organização liberou a visitação aos boxes no sábado pela primeira vez, e permitiu o acesso do pessoal das arquibancadas à pista para assistir de perto a cerimônia de premiação dos pilotos após as duas corridas no domingo. As ações fazem parte de um movimento da Copa Truck de interagir cada vez mais com seu público. 
Visitação aos boxes em Campo Grande (Foto: Duda Bairros)
“É característica dessa categoria ser popular, ter uma descontração maior, com menor rigidez nas regras, e a gente está fazendo essa leitura, entendendo esse público e caminhando nessa direção. Então cada vez mais estamos procurando maneiras de facilitar o acesso do fã aos boxes, além dessa comemoração do pódio em Campo Grande, que foi muito legal. O pessoal que entrou gostou muito, os pilotos também interagiram bastante”, comenta Carlos Col, diretor geral da Mais Brasil, organizadora da Copa Truck.
 
“Essa visitação de sábado é uma coisa que tende a crescer, abrimos os boxes para que eles possam conhecer de perto os caminhões, as equipes e os pilotos. A gente vai procurar desenvolver novas ações nessa direção”, acrescentou.
 
De acordo com Col, essas ações também serão oferecidas nas próximas etapas, desde que haja condições para tal. “Vamos estudar as condições de instalações de cada autódromo, que varia um pouco. Mas sendo possível fazer com segurança, faremos em todos.”
Felipe Giaffone comemorando com a galera (Foto: Duda Bairros)
Em Campo Grande, por conta das instalações do autódromo, a organização não conseguiu oferecer área de alimentação com Food Truck, tampouco garantir um espaço de lazer para as crianças, como se viu em Interlagos, por exemplo. Porém, para Goiânia, que receberá a próxima etapa da categoria no fim deste mês, a organização assegura que oferecerá entretenimento para todas as faixas etárias, inclusive com ações de utilidade pública como segurança nas estradas.
 
O ingresso Experiência Bruta, que inclui credenciais de Camarote, brindes exclusivos, visitas guiadas ao grid de largada e mais uma volta rápida no circuito, também será comercializado para a prova que fecha a Copa Centro-Oeste.