Truck

Em grave crise financeira, F-Truck anuncia suspensão das atividades e encerra temporada 2017

A grave crise financeira pode ter decretado o fim da F-Truck. Endividada e com grids esvaziados, a categoria anunciou o fim do campeonato de 2017, mas promete esforços para retomar atividades em 2018
Warm Up / GABRIEL CURTY, de São Paulo / VITOR FAZIO, de Porto Alegre
 Um terço do grid da F-Truck no Velopark na foto. Pelotão liderado por Salustiano (Foto: Rodrigo Ruiz)

A F-Truck suspendeu oficialmente suas atividades. Nesta quarta-feira (28), após uma série de problemas, cancelamento de etapas e um grid vazio e composto por nomes pouco conhecidos nas corridas realizadas, a categoria comunicou que não dará prosseguimento ao campeonato.
 
No comunicado oficial, assinado pela chefe da categoria Neusa Navarro, a F-Truck culpa a crise econômica brasileira e "outros sérios problemas que surgiram no semestre".
 
O melhor momento da F-Truck em 2017 foi em Rivera, na fronteira do Uruguai com o Brasil, em etapa que teve boa presença do público e dez caminhões no grid, mais que a média das demais provas da categoria no ano.
 
No entanto, semanas depois, começava o imbróglio com Cascavel. A F-Truck adiou a etapa que seria realizada no primeiro final de semana de junho e, logo depois, acabou por cancelá-la, sequer tendo realizado uma solicitação formal para correr no autódromo.

No ano passado, a situação já era das piores para a F-Truck, como a reportagem relata. Não se sabia, inclusive, se a categoria chegaria ao final da temporada passada, com tantos problemas e já a confirmação da saída de nomes importantes como o de Felipe Giaffone.

Para 2017, o cenário ficou ainda pior. Com o grid cada vez mais minguado, problemas no calendário e falta de patrocinadores, a F-Truck ainda viu nascer a Copa Truck, nova categoria com basicamente todos os seus pilotos, formato novo, patrocínios e contrato de televisão.
A F-Truck vive situação insustentável (Foto: Rodrigo Ruiz)

A crise da F-Truck foi tema de reportagem em 2016 no GRANDE PREMIUM. A matéria relata a derrocada da categoria, que acumulou dívidas milionárias e teve caminhões penhorados.

A temporada 2017 era a 22ª da história da F-Truck. De 1996 para cá, o certame foi palco para grandes pilotos do automobilismo brasileiro. A categoria suspende suas atividades tendo Renato Martins e Felipe Giaffone como maiores vencedores de sua história. Os dois estão empatados em 27. A condição de maior campeão também é dividida: Giaffone e Wellington Cirino são os único tetracampeões da história do certame.

Confira a íntegra do comunicado da F-Truck

Comunicamos a todos patrocinadores, colaboradores, torcedores, dirigentes, pilotos e amigos, a suspensão de nossas atividades relacionadas ao Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck - temporada 2017.
 
As razões que nos levaram a tal decisão foram de ordem econômica, emanadas pelo cenário que atinge o mercado brasileiro, já há três anos, com fortíssima acentuação no segmento do transporte, pelo qual pertencemos, bem como outros sérios problemas que surgiram neste semestre.
 
Não foi fácil chegar à condição de principal categoria do automobilismo do Brasil, mas os números não negam, alcançamos resultados muito fortes e impressionantes, sofremos e amadurecemos, mas com uma estrutura que nos permite afirmar que fizemos sucesso, e isso, só foi possível porque nossos objetivos sempre foram pela busca incessante do retorno aos patrocinadores e pela dedicação extrema ao grande público que sempre nos prestigiou.
 
Porém, as coisas nem sempre são do jeito que gostaríamos que fossem, chegou nossa hora de pararmos, repensar nossos caminhos, asseguramos que não vamos desistir, vamos continuar lutando para cravar outras marcas até o fim de nossa trajetória. A vida é assim, ela nos experimenta, insistimos, mas chegou a hora de discernirmos a emoção da racionalidade, as duas podem até conviver por algum tempo, mas por fim, a racionalidade sempre deve imperar.
Antes uma gigante do automobilismo brasileiro, a F-Truck se desmanchou (Foto: Orlei Silva)

 

Gostaríamos de ressalvar que estaremos envidando todos os esforços para retomarmos nossas parcerias para a temporada 2018, cabe ressaltar que estamos tão somente suspendendo o campeonato de 2017, sendo que nossas demais atividades continuam normalmente.
 
 
Agradecemos por todos os momentos em que voces, público e patrocinadores, nos deram a preferência e oportunidade de recebê-los, esperamos ter entregado não só um entretenimento nos autódromos que sempre procuramos melhorar e arrumar, mas também a certeza de que sempre bem atendemos e que cumprimos a nossa missão de construirmos amigos ao longo deste empreendimento.
 
A todos que acreditam no nosso trabalho, nossa mais sincera gratidão.

POLÊMICA MOSTRA QUE VETTEL PISOU NA BOLA E HAMILTON FOI MALANDRO EM BAKU