Truck

Líder da Copa Sudeste, Andrade lidera primeiro treino em Curvelo. Giaffone é segundo

Roberval Andrade começou o fim de semana em Curvelo muito bem. Líder da Copa Sudeste, o piloto da Scania apareceu na hora decisiva do treino e liderou o TL1. Felipe Giaffone ficou em segundo, seguido por Wellington Cirino

Warm Up / VINÍCIUS PIVA, de São Paulo
Em uma sessão movimentada e com disputa apertada pela primeira colocação, quem se deu melhor foi Roberval Andrade. Líder da Copa Sudeste, o piloto do caminhão #15 venceu a dura batalha com Felipe Giaffone e Wellington Cirino e começou o fim de semana em Curvelo na frente nesta sexta-feira (26).
 
O trio acabou separado por apenas 0s160 no TL1. Andrade virou 1min48s048 em sua melhor volta, 0s158 mais rápido do que Giaffone que, por sua vez, terminou 0s002 à frente de Cirino. 
 
Beto Monteiro esteve sempre entre os primeiros, mas não conseguiu acompanhar o forte ritmo dos rivais. Acabou em quarto, 1s atrás do líder. O quinto lugar ficou com Renato Martins, que vem de vitória no Uruguai.
 
Leandro Totti, de volta ao Scania, fechou em sexto, trazendo Pedro Paulo em sétimo. Adalberto Jardim colocou seu Ford em oitavo, enquanto Djalma Fogaça fechou em nono. Régis Boessio, o melhor Volvo da sessão, acabou em décimo.
Felipe Giaffone (Foto: Vanderley Soares)
Saiba como foi o TL1 da Copa Truck em Curvelo

O sinal verde para a primeira sessão de treinos livres em Curvelo veio com um ligeiro atraso. E os pilotos não perderam tempo e foram captar as primeiras impressões do circuito dos Cristais, que recebe a Copa Truck pela primeira vez.
 
A etapa que encerra a Copa Sudeste tem 20 caminhões inscritos, e a principal novidade é a presença de Leandro Totti com um Scania, no time de Roberval Andrade, o líder desta última copa regional.
 
Felipe Giaffone, que chega a Minas Gerais depois de ficar com o título da Copa Mercosul, abriu os trabalhos na frente, seguido de André Marques e Beto Monteiro. Os tempos foram baixando, Marques virou 1min51s281 e assumiu a liderança provisória, quase 1s mais rápido do que Giaffone.
 
Com 10 minutos a sessão acabou interrompida por conta de uma escapada de Rodrigo Belinati. Mas a parada durou pouco. E com a pista liberada, Felipe Giaffone voltou à pista e retomou a ponta: 1min49s387, à frente de Wellington Cirino. Beto Monteiro vinha em terceiro, seguido de Roberval Andrade. Marques acabou caindo para quinto lugar.

Passada a metade do Tl1, os dez melhores classificados eram Felipe Giaffone, Wellington Cirino, Beto Monteiro, Pedro Paulo, Leandro Totti, André Marques, Adalberto Jardim, Giuliano Losacco, Djalma Fogaça e Luiz Lopes. O líder Giaffone era quem mais tinha andado até o momento: 14 voltas.
 
Monteiro, mostrando bom ritmo nesse início de atividades em Curvelo, melhorou sua marca e desbancou Cirino para colocar seu Iveco em segundo. Mas Andrade, instantes depois, pulou para a segunda colocação, ficando 0s350 atrás do ponteiro.
 
Já Cirino, sempre muito veloz nos treinos, conseguiu 1min48s208 e tirou a primeira posição do #4. O troco veio na volta seguinte de Giaffone, que foi 0s002 mais rápido. Duelo de alto nível nível em Curvelo. Só que Andrade resolveu aparecer e colocou 0s158 no Volkswagen, passando a liderar a sessão com seu Scania. E de lá não saiu mais até a bandeira quadriculada.

Copa Truck, Curvelo, TL1:

1. Roberval Andrade (Scania), 1min48s048
2. Felipe Giaffone (Volkswagen), 1min48s206
3. Wellington Cirino (Mercedes), 1min48s208
4. Beto Monteiro (Iveco), 1min49s050
5. Renato Martins (Volkswagen), 1min49s196
6. Leandro Totti (Scania), 1min49s993
7. Pedro Paulo (Mercedes), 1min50s561
8. Adalberto Jardim (Ford), 1min50s928
9. Djalma Fogaça (MAN), 1min50s936
10. Régis Boessio (Volvo), 1min51s002
11. André Marques (Mercedes), 1min51s281
12. Fábio Fogaça (Ford), 1min51s694
13. Luiz Lopes (Iveco), 1min51s869
14. Duda Bana (Volvo), 1min52s136
15. Giuliano Losacco (Iveco), 1min52s715
16. Witold Ramasauskas (MAN), 1min53s132
17. Débora Rodrigues (Volkswagen), 1min54s339
18. Rodrigo Belinati (Volkswagen), sem tempo
19. Danilo Dirani (Mercedes), sem tempo