Após nove anos, Fisichella finalmente comemora vitória no Brasil no degrau mais alto do pódio

Em 2003, Giancarlo Fisichella conquistou a vitória no GP do Brasil de F1, mas quem subiu no degrau mais alto do pódio foi Kimi Räikkönen. Dessa vez não houve problemas, e o italiano pôde celebrar o triunfo

Finalmente Giancarlo Fisichella pôde subir ao degrau mais alto do pódio em Interlagos. Em 2003, o italiano havia vencido o GP do Brasil da F1, mas por um erro dos comissários foi declarado como segundo colocado e só depois, na etapa seguinte, recebeu o troféu de vencedor. Neste sábado (15), não houve problemas, e o italiano pôde enfim comemorar uma vitória no Brasil.

No entanto, apesar da nova conquista na capital paulista, o piloto italiano afirmou que a sensação é a mesma da primeira vitória no país e acrescentou não ter guardado mágoas da direção de prova da F1.

Giancarlo Fisichella levou a Ferrari à vitória em São Paulo (Foto: Felipe Tesser / Agência Warm Up )

“Foi a mesma coisa que nove anos atrás se os comissários não tivessem cometido um erro. Mas a vida é assim, e eu estou muito feliz por ter vencido na F1 e agora ganhei hoje. Eu gosto muito deste circuito e hoje nós tivemos uma corrida muito boa, a equipe fez um trabalho fantástico, assim como Gianmaria Bruni. No final, tudo deu certo”, declarou.

Em 2003, a corrida da F1 no Brasil foi interrompida antes do final devido a um forte acidente de Fernando Alonso e Mark Webber na Curva do Café, debaixo de muita chuva. Como a prova não chegou até o final, o resultado oficial passou a ser da volta anterior a da bandeira vermelha. O problema é que nesse momento havia sido a ultrapassagem de Fisichella na McLaren de Kimi Räikkönen, que foi declarado vencedor em um primeiro momento.

Depois, a F1 reconheceu que o italiano conseguiu cruzar a linha de chegada e abrir uma nova volta antes da paralisação, então havia sido o verdadeiro ganhador da corrida. Para corrigir o erro, uma nova cerimônia foi realizada na etapa seguinte, em San Marino, com Räikkönen entregando o troféu de vencedor ao então piloto da Jordan.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube