Bernoldi afirma que Ferrari brasileira pode vencer desde que não cometa erros durante prova

Enrique Bernoldi afirmou que pode terminar com a vitória na classe GTE Am desde que tanto ele quanto a equipe não cometam erros durante a corrida. O brasileiro também disse que considera Interlagos um lugar especial

Após dois anos, Enrique Bernoldi está de volta ao Autódromo de Interlagos. Da última vez em que competiu na capital paulista, em 2010, o piloto paranaense conquistou a vitória na etapa brasileira do GT1. Agora, ao lado de Xandy Negrão e Chico Longo, o piloto quer repetir o resultado na categoria GTE Am, do Mundial de Endurance.

Bernoldi afirmou nesta quinta-feira (13), em uma entrevista coletiva, que considera Interlagos um circuito especial, já que sempre conquistou bons resultados correndo no traçado paulista. “Com certeza é muito bom estar de volta a um campeonato mundial. Esta pista me traz muitas boas memórias. Eu corri aqui pela primeira vez na F1, em 2002, depois quando vim em 2010, pelo GT1, venci a corrida, então estou feliz em poder estar de volta”, declarou.

Enrique Bernoldi afirmou que considera Interlagos um lugar especial (Foto: Luca Bassani)

No entanto, apesar do histórico positivo, Bernoldi não conseguiu um contrato para 2012, e as 6 Horas de São Paulo são o último compromisso na agenda. Justamente por isso, o piloto disse que vê a prova como uma nova oportunidade de mostrar que pode ser competitivo com carros de turismo.

“Esse ano tem sido duro para mim porque não tenho contrato para a temporada toda, estou apenas correndo aqui e ali, então essa corrida é uma boa oportunidade para mostrar meu potencial”, acrescentou.

Aliás, a vitória na categoria GTE Am não é algo impossível. Afinal, no primeiro treino livre, a Ferrari do trio brasileiro terminou com o tempo mais rápido na divisão. Apesar disso, Bernoldi já tratou de avisar que mais importante que o bom rendimento do equipamento é um trabalho perfeito de todos os integrantes da equipe para evitar a perda de tempo com erros bobos.

“Na minha equipe, todos os pilotos conhecem bem a pista, então vamos jogar com a estratégia e tentarmos ser bastante consistentes, já que é uma corrida muito longa. Eu disputei corridas de GT pelos últimos quatro anos e sei que as paradas nos boxes são muito importante. Então a equipe precisa ter calma para não cometer erros, e isso é fundamental para nos mantermos juntos do restante do pelotão”, analisou.

“Eu não estou preocupado apenas com velocidade porque neste campeonato qualquer coisa pode acontecer nas corridas, e é importante prestar muita atenção porque há carros muito rápidos e muito tráfego e nós somos o tráfego. Então, se prestarmos atenção e não cometermos nenhum erro, então poderemos ser competitivos e lutar pela vitória”, completou o brasileiro, animado com a possibilidade de brigar pela vitória.

Apesar de ter sido o mais rápido na categoria, Bernoldi foi apenas o 23º colocado na classificação geral. Ao Grande Prêmio, o piloto confidenciou que ainda precisa se acostumar a olhar para a metade da tabela de tempos para encontrar seu nome. “É a primeira vez que eu não estou correndo pela categoria principal, então é um pouco estranho ter sido o mais rápido e estar apenas em 23º. Mas o que importa é a categoria, onde todos têm condições iguais, e terminamos em primeiro”, encerrou.

O Grande Prêmio cobre ‘in loco’ a quinta etapa do Mundial de Endurance, em Interlagos, com os jornalistas Felipe Giacomelli e Renan do Couto. Acompanhe o noticiário aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube