Cacá diz que sétimo “não foi tão ruim” e Khodair fala em conquistar pódio no GT Series em Nogaro

A dupla do BMW Team Brasil marcou seus dois primeiros pontos por ter finalizado a corrida de classificação em quinto lugar na classe Pro Cup, sétimo na classificação geral. Cacá Bueno aprovou o resultado deste domingo e Allam Khodair sonha com pódio na segunda, 1º de abril


Cacá Bueno e Allam Khodair foram os brasileiros mais bem-sucedidos na corrida de classificação da etapa de abertura do GT Series, em Nogaro, França, neste domingo (31). A dupla tupiniquim largou na quinta posição do grid com Khodair na condução do BMW Z4 GT3 do BMW Team Brasil. O ‘japonês voador’ entregou o carro para Cacá Bueno, que enfrentou problemas na bomba do combustível, perdeu posições e chegou a estar em 12º, mas conseguiu se recuperar e cruzou a linha de chegada em sétimo na classificação geral, quinto na classe Pro Cup.

Assim, a dupla somou seus primeiros dois pontos na temporada, já que a corrida de classificação premia os seis primeiros colocados de cada uma das três classes que fazem parte do GT Series. Cacá Bueno, embora não tenha ficado tão satisfeito com o resultado final, disse que o sétimo lugar geral “não foi tão ruim”. Khodair, por sua vez, acredita que é possível brigar para fechar no pódio da prova principal, que acontece na segunda, 1º de abril, feriado na Europa.
Cacá e Khodair distribuem autógrafos em visitação antes de corrida em Nogaro (Foto: Tony Hermann)

O pentacampeão da Stock Car explicou o problema que acabou prejudicando o desempenho e o resultado da dupla no circuito de Nogaro. “O pit-stop foi bom e voltei em terceiro para a pista, mas desde a minha primeira volta faltava pressão na bomba de combustível. Felizmente, após alguns procedimentos, liguei e desliguei os sistemas eletrônicos e deu certo.”

“Então foi a hora de remar e conseguir subir de 12º para sétimo, virando tempos iguais aos pilotos que brigaram pela terceira posição”, acrescentou o piloto carioca, aliviado por ter conseguido buscar importantes colocações no fim, garantindo o sétimo lugar no grid da corrida principal. “Achei que iríamos largar em último amanhã, mas conseguimos nos recuperar. Não foi tão bom, poderíamos ter brigado pelo pódio, mas, dentro do que aconteceu, o sétimo lugar não foi tão ruim”, afirmou.

Khodair lembrou o que já havia dito antes, no sábado, a respeito de fazer uma largada conservadora. “Estava preocupado com a largada, porque não sabia o timing do diretor de prova e a asa do concorrente à minha frente era muito alta.”
Cacá e Khodair terminaram a corrida de classificação em sétimo lugar (Foto: Pro-Photos)

Ainda assim, o ‘japonês voador’ teve um pequeno incidente ao tocar no Audi de Stéphane Ortelli e Laurens Vanthoor. O episódio chegou a ser alvo de investigação por parte dos comissários de prova, que não puniram Khodair. “Tive de tirar um pouquinho pra ver, mas consegui acelerar no momento certo e, mesmo me enroscando com o Audi que ganhou no ano passado aqui, saí em quarto, o que foi positivo”, disse Allam, aliviado.

Por fim, o experiente piloto não escondeu que acredita em poder lutar pelo top-3 na principal corrida do fim de semana na França. “Ainda estamos aprendendo a trabalhar com este pneu, e o carro ficou dianteiro na prova. Agora temos de trabalhar para melhorar isso e, quem sabe, brigar pelo pódio amanhã”, encerrou.

A corrida principal será disputada às 9h15 (hora de Brasília) desta segunda-feira (1º) e terá transmissão ao vivo pelo canal por assinatura SporTV 2.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube