Com estratégia ousada, Nelsinho comemora primeira vitória na Truck Series: "Finalmente veio"

Na etapa da Truck Series disputada em Michigan neste sábado (18), Nelsinho Piquet economizou uma parada nos boxes, ficou na pista e venceu pela primeira vez na categoria americana

Buscando a primeira vitória na Truck Series desde a estreia na categoria, Nelsinho Piquet venceu na K&N Series, uma espécie de divisão regional da Nascar, mas não foi o suficiente e ele seguiu buscando o triunfo na categoria em que escolheu recomeçar após deixar a F1. E o lugar mais alto do pódio veio neste sábado (18).

Faltando poucas voltas para o final da corrida, quase todos os pilotos foram aos boxes para o último reabastecimento. Apostando na estratégia, Nelsinho, que homenageou o pai “Piket” com uma réplica do capacete que ele usou na antiga F-Super Vê, ficou na pista sabendo que tinha que economizar combustível para vencer. Impondo um ritmo tranquilo até o fim, ele caminhou para vencer pela primeira vez na Truck Series.

Nelsinho venceu pela primeira vez na Truck Series neste sábado (18) (Foto: Nascar Media)

"Finalmente veio”, disse Piquet, logo após o final da prova. “É um momento incrível isso que acabei de fazer na Truck Series”, comemorou o piloto de 27 anos, que teve uma passagem frustrante pela F1 e se envolveu no caso “Cingapuragate”, orquestrado por Flavio Briatore e pela cúpula da Renault.

Nelsinho contou que a mudança de estratégia aconteceu após um pequeno incidente durante a corrida. "Tive um contato com o Kurt Busch brigando pela liderança. Acabei rodando e isso mudou a estratégia toda. A equipe fez uma decisão ótima de pedir para economizar combustível e isso acabou dando a vitória no final", 

Ele confessou que não ousaria tanto na estratégia se estivesse lutando pelo título. “Acho que se fôssemos segundo ou terceiro no campeonato, eu teria sido mais cauteloso. Mas eu disse: 'Vamos apenas fazer isso’, nós fizemos e vencemos”, finalizou.

Com o resultado, Piquet pulou para a oitava colocação do campeonato, com 392 pontos. Timothy Peters e Ty Dillon têm 57 pontos a mais que o brasileiro, e dividem a liderança do certame.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube