Cúpula da Citroën define entrada no WTCC em 2014 até final do mês de junho, diz diretor

A Citroën está preparando sua entrada no Mundial de Carros de Turismo a partir de 2014, mas espera pela definição do pacote técnico completo da categoria

A Citroën ainda não tomou a decisão final sobre a entrada no WTCC a partir de 2014, o que deve acontecer nas próximas semanas, afirmou o diretor-esportivo da marca, Yves Matton. Um dos fatores que envolve essa decisão é a divulgação do novo regulamento do campeonato e a autorização do alto comando da marca.

Sébastien Loeb também aguarda uma definição da Citroën (Foto: José Mário Dias/Grande Prêmio)

A FIA pretende elevar a potência dos motores da categoria para cerca de 400 cavalos. A BMW não gostou e já disse que deve deixar o certame, ao passo que a Seat ainda estuda continuar na disputa e a Honda está certa.

“A decisão final está prevista para o final de junho”, afirmou Matton. “Os planos estão concluídos e devem ser apresentados ao Comitê Executivo da PSA [grupo proprietário da Citroën e da Peugeot]. Nosso CEO, Frédéric Banzet está, em todo caso, convencido das vantagens da nossa chegada no WTCC”, continuou

O francês Sébastien Loeb, que está, aos poucos, deixando o WRC, deve ser um dos pilotos da montadora francesa no WTCC. O desejo do eneacampeão do Mundial de Rali é fazer carreira nas competições de asfalto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube