DTM: Green lidera treino que tem quatro Mercedes no top-5 em Zandvoort. Farfus é 17º

A Mercedes começou bem melhor que todos o fim de semana em Zandvoort, na Holanda. No único treino livre realizado na sexta-feira, que viu Jamie Green conquistar a primeira posição, quatro carros da montadora de Stuttgart ocuparam as cinco primeiras posições

Jamie Green colocou a Mercedes na primeira posição na Holanda, nesta sexta-feira (24), no primeiro treino livre antes da sétima etapa da temporada de 2012 do DTM. O inglês, terceiro colocado no campeonato, registrou sua melhor volta ao redor do circuito de Zandvoort no minuto final para assegurar a ponta na sessão, dominada por carros que ostentam a estrela de três pontas. Líder do campeonato, Gary Paffett terminou em décimo, enquanto o brasileiro Augusto Farfus ficou em 17º, somente.

Green era o quinto colocado antes de cravar 1min33s427 e tirar Roberto Merhi do topo da folha de tempos. O espanhol, novato no DTM, ficou 0s226 atrás do britânico. O terceiro lugar ficou com o vencedor da última etapa e vice-líder do DTM, Bruno Spengler, que também cresceu no fim do treino e infiltrou a BMW na festa da Mercedes.

Jamie Green liderou sessão dominada pela Mercedes na Holanda (Foto: DTM)

Merhi não foi a única surpresa no top-5. Se, nos tempos de F1, David Coulthard era comumente visto entre os primeiros colocados, especialmente nos tempos de McLaren, o mesmo não pode ser dito de seus resultados na categoria de turismo. Hoje, porém, o escocês reviveu sua melhor época e ficou na quarta posição. O canadense Robert Wickens completou o grupo dos cinco melhores.

O melhor representante da Audi, Filipe Albuquerque, foi somente o sexto colocado, a frente de seu companheiro de equipe, o italiano Edoardo Mortara – ambos são do Team Rosberg, o que mais vem se destacando dentre as equipes que representam as quatro argolas no DTM.

No oitavo e no nono lugares, mais gente andando melhor do que normalmente anda: Susie Wolff e Ralf Schumacher, respectivamente. Mas o irmão mais novo de Michael provocou uma bandeira vermelha, a única dos 90 minutos de sessão. Quer dizer, foi o personagem central, já que ele pouco pôde fazer ao ver a asa traseira se desprender de sua Mercedes. Quatro mecânicos ficaram lesionados e precisaram ser levados para atendimento no centro-médico.

Outro incidente aconteceu no minuto final da sessão, com o francês Adrien Tambay, que colocou duas rodas na grama e perdeu o controle, indo parar na caixa de brita. O desenrolar da sessão, porém, não foi afetado.

Entre os demais figurões da categoria, o bicampeão Mattias Ekström foi o 11º, a frente de Andy Priaulx. Mike Rockenfeller ficou em 14º, o atual campeão Martin Tomczyk, em 20º e o bicampeão Timo Scheider, que não faz boa temporada, em 21º.

DTM, Etapa da Holanda, Zandvoort, Treino livre, Final:

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube