Turismo

Ex-F1, Tarquini chega em 10º na final em Macau e garante título da temporada inaugural do WTCR

Gabriele Tarquini conquistou o título da primeira temporada do WTCR após chegar em décimo na última corrida em Macau. O ex-F1 conquistou o segundo título no turismo, tendo levado o caneco de 2009 do antigo WTCC
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Gabriele Tarquini foi campeão do WTCR (Foto: Hyundai)

Gabriele Tarquini conquistou o título da primeira temporada do WTCR. Aos 56 anos, o piloto com passagem pela F1 segurou a confortável vantagem que tinha para Yvan Muller e, apesar de um final de semana duro em Macau, buscou o caneco neste domingo (18).
 
O italiano da Hyundai completou a terceira e última prova na décima posição, mas Muller foi quarto e não conseguiu alcançá-lo nos pontos. No fim, 306 a 303 para o veteraníssimo italiano, que já havia sido campeão do WTCC em 2009.
 
Foi a primeira temporada do WTCR, agora misturando o WTCC e o TCR. Muller, companheiro de Hyundai, ficou com o vice, com confortável vantagem para Esteban Guerrieri, que fez grande final de semana e triunfou na corrida 3 nas ruas de Macau com a Honda.
Gabriele Tarquini foi campeão do WTCR aos 56 anos (Foto: Hyundai)
A Hyundai fez também o quarto e o sétimo colocados do campeonato, respectivamente, os já vencedores e experientes Norbert Michelisz e Thed Björk, da Hungria e da Suécia.
 
Jean-Karl Vernay teve também uma boa temporada e fechou o ano em quinto com a Audi, com Pepe Oriola em sexto pela Cupra. Rob Huff botou a Volkswagen em oitavo, Frédéric Vervisch foi nono de Audi e Yann Ehrlacher fechou o top-10 da temporada inaugural da categoria.