Farfus aumenta cobrança e coloca top-5 como meta para etapa de Zandvoort do DTM

Augusto Farfus Jr. entrou na segunda metade da temporada do DTM pensando em terminar sempre na zona de pontuação. No último domingo, em Nürburgring, ele foi o décimo colocado, mas não gostou, já que teve a chance de obter um resultado melhor. Por isso, o piloto vai para a próxima etapa se cobrando para somar mais pontos

Depois de reprovar o resultado da última etapa do DTM, em Nürburgring, no domingo (19), quando terminou em décimo lugar, o brasileiro Augusto Farfus aumentou a cobrança sobre si. De Zandvoort, na Holanda, já neste domingo (26), o piloto espera sair com pelo menos 10 pontos, ou seja, entre os cinco primeiros.

A corrida do próximo domingo (26) será a sétima da temporada, que vai se aproximando de seu momento decisivo – são apenas dez provas. Para Farfus, isso deve constituir uma dificuldade a mais. “Acho que vai ser uma prova ainda mais competitiva em relação às outras, tendo em vista que o campeonato começa a definir quem brigará pelo título”, disse o curitibano.

Depois de largar em sexto, Farfus terminou a etapa de Nürburgring na décima posição (Foto: DTM)

Mas levando em consideração o bom desempenho da BMW em Nürburgring, onde a montadora esteve muito rápida nos treinos e venceu com o canadense Bruno Spengler. “Acredito que nosso carro terá condições de brigar lá na frente, já que a BMW vem de um bom trabalho na última corrida”, avaliou o brasileiro.

Por fim, o piloto afirmou que o circuito “é favorável e exige bastante da aerodinâmica, que é um dos pontos fortes do M3”. Farfus se encontra na décima posição no campeonato do DTM, com 17 pontos somados. Dentre os seis pilotos da BMW, ele é o terceiro, o melhor dos que estreiam no certame em 2012.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube