Farfus domina classificação em Valência, evita festa da Audi e crava primeira pole da carreira no DTM

Sete pilotos da Audi conseguiram ficar entre os dez melhores do grid de largada para a etapa de Valência do DTM, mas nenhum deles conseguiu terminar o dia na primeira colocação: esta glória ficou para o brasileiro Augusto Farfus Jr., que pela primeira vez largará da posição de honra do grid

A meta de crescer na segunda metade da temporada que Augusto Farfus Jr. tinha antes de sua estreia no DTM vai sendo cumprida pelo piloto. Neste sábado (29), o brasileiro alcançou o ponto máximo de sua carreira na categoria alemã até aqui: a pole-position.

Antes do feito conquistado em Valência, Farfus tinha como melhor posição de largada um segundo lugar, na etapa de Lausitz, a segunda de 2012. Na ocasião, ele concluiu a prova em terceiro em um dia que foi histórico para a BMW, com a primeira vitória da montadora em seu retorno ao DTM, com o canadense Bruno Spengler.

Farfus vibra com pole-position inédita no DTM (Foto: DTM)

Desde o começo do fim de semana o rendimento da Audi foi forte na Espanha, mas a sessão de classificação teve um nome: o de Farfus. Líder de três das quatro partes da tomada de tempos, o representante da BMW desbancou todo o favoritismo da montadora rival e assegurou a primeira posição do grid para a corrida deste domingo, a nona da temporada de 2012.

Ao seu lado quando os carros alinharem para a largada estará o italiano Edoardo Mortara, vencedor de duas provas neste ano, que ficou bastante distante de Farfus no Q4: 0s310. A segunda fila tem o português Filipe Albuquerque e o francês Adrien Tambay, também da Audi.

Chamou a atenção o fracasso da Mercedes no circuito Ricardo Tormo. Nenhum carro que carrega a estrela de três pontas conseguiu se classificar além da 14ª posição. Isso mesmo. Robert Wickens, 14º, pilota a Mercedes mais bem classficada em Valência. Apenas carros da montadora de Stuttgart ficaram pelo caminho no Q1.

A cara de Paffett após a classificação não era das melhores (Foto: DTM)

Para a sorte de Gary Paffett, 16º, e Jamie Green, 18º, seu adversário direto na briga pelo título também não tem muitos motivos para comemorar o resultado da tomada de tempos. Bruno Spengler, da BMW, partirá apenas em 12º.

Deixando a disputa pelo título do DTM e voltando ao top-10 do pelotão, a terceira fila tem Mike Rockenfeller e Andy Priaulx. Tricampeão do WTCC, o britânico obteve sua melhor posição de largada do ano. Bicampeões, Timo Scheider e Mattias Ekström dividem a quarta fila e Dirk Werner e Miguel Molina completam o grupo dos que avançaram ao Q3.

Por fim, literalmente, dois pilotos que já foram de ponta na F1, mas que hoje são meros coadjuvantes. David Coulthard e Ralf Schumacher dividem a última fila do grid em Valência. Mais um indicador de que não estão no DTM para vencer.

DTM, Etapa de Valência, grid de largada:

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube