Michelisz surpreende no WTCC, derrota quarteto da Citroën e põe Honda na pole em casa no circuito de Motegi

Coube ao húngaro Robert Michelisz o feito de superar os quatro pilotos da dominante Citroën para assegurar uma conquista improvável e colocar a Honda na pole-position no circuito de Motegi, que recebe neste fim de semana a nona etapa da temporada 2015 do Mundial de Carros de Turismo

A Citroën domina totalmente a temporada 2015 do WTCC, colocando seus quatro pilotos nas quatro primeiras posições do campeonato. Mas neste sábado (12), em Motegi, José María López, Sébastien Loeb, Yvan Muller e Ma Qing Hua se dobraram à Honda, que brilhou em casa com o húngaro Norbert Michelisz. Com uma performance surpreendente, o experiente piloto da equipe privada Zengo superou o argentino ‘Pechito’ López por 0s080 para assegurar um feito diante do público japonês em Motegi e cravar a pole-position da corrida 1 do fim de semana.

O domínio da Citroën também se fez evidente na chamada ‘superpole’, que reúne os cinco mais rápidos para a definição da posição de honra do grid no WTCC, como o Q3 na F1. Mas nos dois treinos livres, o melhor desempenho ficou com Gabriele Tarquini, da equipe de fábrica da Honda. Até mesmo por esse motivo a pole de Michelisz foi ainda mais surpreendente.

Norbert Michelisz surpreendeu em Motegi e garantiu a pole da corrida 1 no WTCC (Foto: WTCC/Facebook)

Na primeira fase da classificação, López foi o mais rápido, marcando 1min55s929 como melhor tempo. Qing Hua ficou a apenas 0s066 do argentino, enquanto Tarquini manteve o bom rendimento para finalizar em terceiro, à frente de Loeb e de Mehdi Bennani, que corre com um Citroën da Sébastien Loeb Racing. Por sua vez, Michelisz foi apenas o 11º colocado.

Mas aí o húngaro provou que não estava para brincadeira e decidiu brilhar. Depois de completar cinco voltas, o piloto anotou 1min55s711, ótima marca, mas que foi seguida de muito perto pelo chinês Hua, que ficou a apenas 0s011. Loeb fechou o Q2 em terceiro, à frente de ‘Pechito’ e Bennani. Muller, do time de fábrica da Citroën, acabou eliminado da sessão depois de ficar apenas em sétimo.

E na fase final da classificação, Michelisz brilhou como nunca. Com uma volta brilhante, o europeu superou na raça o poderio da Citroën e garantiu uma improvável pole-position, a sua terceira no WTCC, ao registrar 1min55s596 em Motegi. López vai dividir a primeira fila do grid, enquanto Loeb e Bennani, patrão e funcionário, largam nas posições seguintes, enquanto Ma Qing Hua fecha o rol dos cinco primeiros colocados no Japão.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube