Por logística, WTCC cancela etapa no Brasil e anuncia corrida na Argentina no começo de agosto

Marcelo Lotti, dirigente responsável pelo Mundial de Carros de Turismo, disse que segue em contato com as autoridades brasileiras e pretende contar com duas provas na América do Sul em 2014

A terça-feira (4) marca mais uma derrota para o automobilismo brasileiro. O país não vai mais sediar a oitava etapa da temporada 2013 do WTCC, o Mundial de Carros de Turismo. Nesta manhã, a organização da categoria divulgou uma nota em seu site oficial informando que a etapa sul-americana do certame será disputada na Argentina, no novíssimo circuito Termas de Río Hondo, no dia 4 de agosto, uma semana depois do que estava planejado a prova em Curitiba. Dirigente responsável pelo WTCC, Marcelo Lotti disse que a mudança ocorreu por motivos de logística.

O circuito de Curitiba recebia o WTCC desde 2006. Já a Argentina abriga a categoria pela primeira vez em sua história e, para tal, conta com um dos palcos mais modernos de todo o continente.
WTCC troca Curitiba pelo moderno e novíssimo circuito Termas de Río Hondo, na Argentina (Foto: Reprodução/Facebook)

“Nós decidimos trocar o Brasil pela Argentina por conta de razões logísticas”, afirmou o dirigente-geral do WTCC. “Entretanto, nós mantemos uma estreita relação com as autoridades brasileiras e pretendemos incluir ambos os eventos na América do Sul no calendário de 2014”, declarou Lotti.

O novíssimo circuito Termas de Río Hondo abrigará seu segundo evento importante no espaço de um mês. Recentemente inaugurado pelo governo local, o autódromo receberá em julho testes coletivos da MotoGP. Em 2014, a categoria deve realizar uma das provas do Mundial de Motovelocidade na Argentina.

“Estamos orgulhosos em trazer o WTCC para a Argentina pela primeira vez. Isso é algo que estamos trabalhando nos últimos três anos e queremos agradecer ao Ministério do Turismo, o Instituto Nacional de Promoção Turística e ao Governo da Província de Santiago del Estero para nos apoiar no cumprimento deste objetivo”, complementou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube