Scheider surpreende e crava pole em classificação do DTM dominada pela Audi na Holanda. Farfus é 20º

A Audi pulverizou a concorrência em Zandvoort e mostrou que a pausa da metade da temporada realmente lhe fez bem. A montadora não deu chances aos pilotos de Mercedes e BMW, fechou para si os cinco primeiros lugares do grid e deixou para a concorrência a briga do sexto lugar em diante. Bicampeão, Timo Scheider voltará a largar na primeira colocação após quase dois anos

Só deu Audi na classificação do DTM em Zandvoort, neste sábado (25). Pela primeira vez na temporada de 2012, uma das três montadoras conseguiu fechar para si o Q4, fase final da tomada de tempos que define os quatro primeiros lugares do grid de largada. Na pole-position, uma surpresa: Timo Scheider.

É claro que o nome do bicampeão possui enorme importância na categoria, mas Scheider ocupa apenas o nono lugar no campeonato e não vinha fazendo grandes apresentações. Só que ele cresceu repentinamente neste fim de semana. Primeiro colocado no treino da manhã, que aconteceu sob chuva, o piloto da equipe Abt manteve o bom ritmo na tomada de tempos, com pista seca, e bateu os companheiros de Audi Mike Rockenfeller, Edoardo Mortara e Filipe Albuquerque para ficar com a posição de honra do grid.

Todos os carros que largarão nas duas primeiras filas neste domingo tem as quatro argolas em sua frente (Foto: DTM)

Esta foi a décima pole da carreira de Scheider, e a primeira em dois anos. Depois de registrar o melhor tempo da classificação no fim do Q3, o alemão garantiu o direito de ser o último a entrar na pista no Q4. Com o tempo de 1min32s365, superou Rockenfeller por 0s250. É a terceira pole da Audi em 2012, com o terceiro piloto diferente.

Como se não bastasse o domínio das duas primeiras filas, a Audi ainda viu Mattias Ekström terminar o treino oficial na quinta posição. Nada mal para quem, na primeira metade do campeonato, era apenas a terceira força do DTM.

Os melhores pilotos de Mercedes e BMW aparecem apenas na sexta e na sétima posições. Jamie Green formará a terceira fila ao lado de Ekström, enquanto Dirk Werner, que surpreendeu, foi o mais rápido da montadora de Munique. Líder do campeonato, Gary Paffett estará na oitava posição do grid, e Christian Vietoris e Adrien Tambay completam o top-10.

No restante do grid, algumas decepções, como Martin Tomczyk, que sequer conseguiu avançar ao Q3. O atual campeão do DTM teve de se contentar com o 11º lugar depois de ser desbancado nos instantes finais por Albuquerque.

Mas pior que Tomczyk foi Bruno Spengler. Vice-líder do campeonato, o canadense dono de duas vitórias na temporada de 2012 não passou do Q1 e vai largar em 18º. Augusto Farfus Jr. também sofreu. O brasileiro não conseguiu se classificar além do 20º posto e estará na penúltima fila do grid.

A largada para a sétima etapa da temporada do DTM será dada às 9h (de Brasília) deste domingo (26).

DTM, Etapa da Holanda, Zandvoort, Final:

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube