Suzuki deixa automobilismo japonês e disputa temporada 2013 do GT Open ao lado de Pantano

O paulista Rafael Suzuki será companheiro do italiano Giorgio Pantano, com passagem por F1 e Indy, na temporada 2013 do GT Open na equipe Bhai com carro da McLaren

Rafael Suzuki conhecerá um novo campeonato em 2013. O paulista, que passou pela F3 da Alemanha e competia na versão japonesa da categoria no ano passado, retornará à Europa neste ano para disputar o GT Open. Ele formará dupla com o italiano Giorgio Pantano no comando de uma McLaren MP4-12C.

“Para mim, começar um novo ciclo com a Bhai depois de anos de fórmula é o lugar ideal. Com eles, vou poder aprender sobre os carros de GT além de evoluir o mais rápido possível”, declarou o piloto, campeão brasileiro de kart na categoria Graduados em 2011.

Rafael Suzuki ao lado do McLaren MP4-12C que já testou em Monza, na Itália (Foto: Divulgação)

Na equipe Bhai, braço de uma empresa que conta com um centro de ciência do esporte a motor, Suzuki será chefiado pelo brasileiro Roberto Costa, que trabalhou na Piquet Sports na GP2 e, depois, conquistou o título da categoria com o venezuelano Pastor Maldonado. “Conheço o Roberto há alguns anos e quando a oportunidade surgiu, não pensamos duas vezes, mesmo tendo um foco inicial de continuar no Japão”, disse Suzuki.

“Fiquei surpreso com tamanha estrutura, algo que eu nunca tinha visto antes”, falou. “Também tive uma ótima primeira impressão do carro e agora vamos focar no trabalho para fazer todo o projeto funcionar”, completou Rafael.

A primeira etapa do GT Open acontecerá no último fim de semana de abril. O palco das atividades marcadas para os dias 27 e 28 será o circuito francês de Paul Ricard. Oito rodadas duplas serão disputadas em 2013.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube