Powell sobra e vence abertura da W Series no GP da Estíria. Tomaselli é 12ª

Alice Powell soube controlar a corrida com tranquilidade e venceu sem sofrer ameaças no retorno da categoria após quase dois anos

Trivia e disputa de pênaltis: a Euro 2020 com Alonso e Ocon (Vídeo: Alpine)

Agora, sim: a W Series está de volta. Muita coisa mudou, na categoria e no mundo, ao longo dos últimos 700 dias que separaram a última corrida de 2019 e a primeira de 2021, mas uma coisa seguiu igual: a vitoriosa. Alice Powell, que recebera a bandeira quadriculada naquele encerramento de campeonato em Brands Hatch, venceu sem sofrer ameaças no fim da manhã deste sábado (26), no GP da Estíria.

A categoria tomou a pista cerca de 30 minutos após o fim da classificação da Fórmula 1, no que foi a primeira demonstração desta nova fase da W Series como categoria que anda junto do Mundial. Powell largou na frente e aproveitou da briga entre as companheiras de equipe Sarah Moore e Belén García atrás dela para abrir espaço razoável. E não foi incomodada. Uma vitória firme.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

García pressionava Moore pela segunda colocação, enquanto Beitske Visser se aproximava, ensejando entrar na briga de alguma forma, mas a espanhola García, em meio à perseguição, escapou na 12ª de 20 voltas e perdeu posições e contato com a companheira. Depois disso, Moore ganhou campo em relação ao pelotão e terminou numa confortável segunda colocação.

Quem se deu muito mal na prova foi a campeã Jamie Chadwick. A pilota de desenvolvimento da Williams largava na oitava posição e, ainda na primeira volta, tomou uma pancada absolutamente fortuita na traseira. Foi vítima de um erro claro de Jessica Hawkins que, por sorte, não sofreu uma quebra da asa dianteira. Mas foi o suficiente para Chadwick cair para o fundo do pelotão e precisar de uma corrida de recuperação. Que, de certa maneira, até veio, com o sétimo posto.

O abraço das duas primeiras colocadas: Powell e Moore (Foto: W Series)
Paddockast #109: A primeira avaliação dos pilotos em 2021

Já Fabienne Wohlwend completou o pódio com a terceira colocação ao se colocar em posição de beneficiar das eventualidades da corrida. Após o erro de Belén García, a outra García do grid, Marta, teve problemas no carro e teve de encostar o carro e abandonar, o que causou uma intervenção do safety-car. Na relargada, Visser e Emma Kimilainen, que vinham na terceira e quarta posições, acabaram se achando. Visser rodou logo na curva 1, enquanto a finlandesa tinha dandos na asa e perdeu ritmo. Wohlwend aproveitou.

Após as três, Belen García se recuperou para ficar com o quarto posto, ao que Hawkins ficou em quinto – os comissários ficaram de investigar a batida com Chadwick somente após a corrida. Miki Koyama ficou logo à frente de Chadwick, enquanto Nerea Martí, Irina Sidorkova e Gosia Rdest fecharam o top-10.

A brasileira Bruna Tomaselli, estreante na categoria, chegou a ocupar o oitavo lugar, mas sofreu na relargada pós-safety-car e caiu para trás. Ainda recuperou quatro postos para fechar em 12º.

A próxima etapa da W Series acontece na mesma pista austríaca, semana que vem, como parte do GP da Áustria de Fórmula 1. Na sequência do evento, o GP da Estíria de F1 tem largada marcada para as 10h (de Brasília) do domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Briefing: TUDO sobre a classificação do GP da Estíria

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar