Em expansão, W Series vira corrida suporte da F1 nos EUA e no México

A W Series, que nasceu como parceira apenas do DTM, agora tem uma aliança também com a Fórmula 1. A categoria feminina realiza corridas suporte nos GPs dos Estados Unidos e do México em acordo que vale já em 2020

Os flertes de longa data entre Fórmula 1 e W Series surtiram efeito prático. As categorias anunciaram nesta quinta-feira (16) a formação de uma parceria, com o certame feminino realizando corridas suporte nos GPs dos Estados Unidos e do México já na temporada 2020.
 
Dessa forma, o calendário da W Series passa de seis para oito corridas. Agora sem depender exclusivamente de corridas suporte do DTM, o certame feminino dura até o fim de outubro, e não o começo de agosto como em 2019. Mas talvez o principal seja a possibilidade de levar a proposta a um público mais global, e isso em GPs de F1 que não contam com Fórmula 2 ou Fórmula 3, corridas suporte tradicionais.
 
"Nós na W Series sentimos um orgulho enorme por, já na nossa segunda temporada, ter nosso campeonato recebido pela Fórmula 1", comentou Catherine Bond Muir, chefe da W Series. "Estamos muito empolgados por ver que as últimas duas corridas da temporada 2020 vão fazer parte da plataforma da F1. Nossas duas novas corridas virão após seis ao lado do DTM, criando um campeonato muito variado, empolgante e verdadeiramente internacional. Fico particularmente feliz por ter a W Series correndo fora da Europa, com Estados Unidos e México sendo dois territórios muito importantes para nós", seguiu.
A W Series fica sob o guarda-chuva da F1 em 2020 (Foto: W Series)

"É um prazer receber a W Series para duas etapas espetaculares na temporada 2020 da Fórmula 1, em Austin e na Cidade do México", continuou Ross Brawn, diretor esportivo da F1. "Em somente um ano, a W Series contribuiu de forma significativa para o crescimento do interesse pela diversidade e a inclusão no automobilismo. Estamos convencidos de que nosso esporte precisa oferecer oportunidades iguais para homens e mulheres, para que possam competir juntos", encerrou.

 
A temporada 2020 da W Series terá Jamie Chadwick na defesa do título e em busca do bicampeonato. O grid de 18 pilotas já está fechado, incluindo a participação da brasileira Bruna Tomaselli.
 
A primeira etapa é no recém-inaugurado Igora Drive, na Rússia, em 30 de maio. O Hermanos Rodríguez, no México, coloca um ponto final no certame em 31 de outubro.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube