Kimiläinen bate Chadwick em Spa e vence quinta etapa da W Series. Tomaselli é 15ª

Emma Kimiläinen teve disputa forte com Jamie Chadwick e levou a vitória da quinta etapa da W Series. Bruna Tomaselli largou da 12ª posição por conta de uma punição e ficou em 15º lugar

A W Series teve um acidente preocupante na Eau Rouge durante a classificação (Vídeo: Reprodução)

Após uma longa espera por conta do acidente de Lando Norris na classificação da Fórmula 1, a corrida da quinta etapa da W Series em 2021 aconteceu já no fim da tarde belga deste sábado (28) no circuito de Spa-Francorchamps. Ainda que a atual campeã Jamie Chadwick tenha largado da pole-position e travado forte luta pela vitória, foi Emma Kimiläinen quem garantiu o primeiro triunfo na temporada.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A pilota finlandesa tinha um pódio na temporada, conquistado na Áustria, e contava com uma vitória na categoria, em Assen, 2019. Agora, voltou às vitórias com exibição de gala.

“É uma sensação incrível. Tive um carro muito bom hoje e só tenho a agradecer ao meu engenheiro, treinador e mecânico”, disse Kimiläinen, após a corrida. “Estou buscando por mais vitórias nesta temporada. Não foi um início de ano fácil para mim, mas tudo pode acontecer a partir daqui e continuo querendo o título, com certeza. Se outra pilota quiser ganhar também, então, que venha me pegar”, acrescentou.

Depois de uma forte batalha com a pilota de 32 anos, Chadwick ficou mesmo com a segunda posição. Marta García fechou o top-3 e subiu pela primeira vez ao pódio nessa segunda edição da categoria. Alice Powell, Caitlin Wood e Jessica Hawkins fecharam as seis primeiras colocações.

É a segunda vitória de Emma Kimiläinen na W Series (Foto: W Series)
Paddockast #118- O que esperar da segunda parte da temporada da Fórmula 1 2021?

A corrida representou o encerramento de um fim de semana que começou com um susto na sexta-feira, quando seis pilotas se envolveram num acidente na curva Eau Rouge. Somente quatro das seis envolvidas foram liberadas para competir no sábado —  Sarah Moore, Fabienne Wohlwend, Abbie Eaton e Belén García. E Wohlwend e Eaton entraram no top-10: ficaram na sétima e décima posições, respectivamente. Já Ayla Agren e Beitske Visser não receberam autorização para correr, embora, felizmente não tenham sofrido lesões graves.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Entre Wohlwend, e Eaton ficaram ainda Nerea Martí e Miki Koyama. A brasileira Bruna Tomaselli havia conquistado a 10ª posição na classificação, mas tomou punição e largou do 12º lugar. A pilota cruzou a linha de chegada em 15º. Como somente as dez primeiras pontuam, a catarinense deixa a Bélgica zerada.

Com a vitória de Kimiläinen, Chadwick segue líder com 91 pontos. Em segundo, está Powell com 84 tentos. A pilota da Ecurie aparece na terceira posição, com 60, a 31 pontos da líder. A sexta das oito etapas da W Series em 2021 acontece no autódromo de Zandvoort, na Holanda, no fim de semana dos dias 3 e 4 de setembro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar