W Series

Visser vence de ponta a ponta segunda etapa da W Series marcada por confusão na largada em Zolder

Pulando para a ponta antes da primeira curva, a holandesa Beitske Visser não acompanhou a trapalhada do fiscal de pista que autorizou a largada sem todos os carros estarem no grid e soube controlar bem a corrida até a vitória

GRANDE PRÊMIO / GABRIEL PEDRESCHI, de São Paulo
A segunda etapa da história da W Series foi realizada neste sábado (18), no travado circuito belga de Zolder, e teve como vencedora a holandesa Beitske Visser, que assumiu a liderança após a largada e dominou a corrida de ponta a ponta. Pole-position e líder do campeonato, Jamie Chadwick terminou na segunda colocação, seguida por Alice Powell, ambas britânicas.
Beitske Visser (Foto: W Series)
Confirma como foi a corrida da W Series em Zolder
 
As emoções – e as baixas – da segunda etapa da W Series começaram antes mesmo da largada. Afinal, por conta de um erro do fiscal de pista, o início da corrida foi autorizado sem o carro de Sarah Bovy na posição correta do grid, que apresentava problema mecânico e levou ao abandono da pilota da casa.
 
Segunda colocada no grid de largada e fora da confusão, Visser não se intimidou com Chadwick, vencedora em Hockenheim e dona das duas poles na temporada, e pulou para a primeira colocação antes do acionamento do primeiro safety-car. Quem também realizou uma ótima largada foi a polonesa Gosja Rdest, que saltou da 10ª para a 7ª colocação.
 
A bandeira verde durou pouco após a relargada na terceira volta. Em disputa de posição, Rdest foi tocada pela pilota britânica Esmee Hawkey e ambas abandonaram a corrida. Ao mesmo tempo, a húngara Vivien Keszthelyi parava o seu carro. Com três abandonos e pedaços de carros pela pista, o safety-car voltou a ser acionado por mais seis voltas.
 
Após a saída do carro de segurança faltando menos de 18 minutos para o termino da corrida, Visser mostrou que estará na briga pelo título da temporada e dominou a etapa, recebendo a bandeira quadriculada com mais de 8 segundos para Chadwick que, nas voltas finais, travou uma intensa disputa com sua conterrânea Powell pela segunda colocação no pódio.
Beitske Visser (Foto: W Series)
Após ganhar a disputa contra Powell, Chadwick manteve a liderança do campeonato com 43 tentos. Com a vitória, Visser pulou para a vice-liderança da temporada inaugural da W Series com 37 pontos e leva 4 a mais que Powell.
 
A W Series retorna as suas atividades no dia 8 de junho, no circuito de Misano, na Itália, onde será realizada a terceira etapa da história da categoria.