Grande Prêmio
12/06/2018 16:15

GRANDE PRÊMIO lança Copa do Mundo dos Pilotos com melhores nomes do esporte a motor dos últimos 4 anos

O GRANDE PRÊMIO resolveu entrar no clima da Copa do Mundo e criou sua própria competição com os 32 maiores nomes do esporte a motor - ainda em atividade - de 2014 para cá
Warm Up / GABRIEL CURTY, de São Paulo
 A classe de 2018 (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Maior evento esportivo do ano, a Copa do Mundo começa nesta quinta-feira (14) com Rússia x Arábia Saudita às 12h (em Brasília). E é claro que o GRANDE PRÊMIO não perderia a oportunidade de fazer algo relacionado ao principal campeonato de futebol. Assim, lançamos a Copa do Mundo de Pilotos.
 
O sistema é bem simples e é similar ao que é feito na maior competição do futebol: são 32 pilotos divididos em oito grupos de quatro, avançam os dois melhores de cada grupo às oitavas de final, quartas, semi e final — isso, exatamente o mesmo regulamento da Copa do Mundo.
 
As 'Eliminatórias' também foram feitas de forma simples: o GP separou os pilotos que mais ponturam de 2014 para cá em cada uma das principais categorias: F1 — com mais vagas, uma espécie de UEFA do sorteio —, Indy, MotoGP e Fórmula E, além de também ter dado vaga para os pilotos com mais conquistas no WEC, WRC, Nascar e Rali Dakar no mesmo período. Fernando Alonso e Daniel Serra também entraram pelo conjunto da obra.
Lewis Hamilton estará no jogo de estreia da Copa do Mundo de Pilotos (Foto: AFP)

O sorteio foi realizado com a divisão em potes. Os 32 foram divididos em 4 potes pelos resultados dos últimos anos e os cabeças-de-chave foram os seguintes: Lewis Hamilton, Marc Márquez, Valentino Rossi, Sébastien Ogier, Sebastian Vettel, Daniel Ricciardo, Scott Dixon e Lucas Di Grassi.
 
Houve a parte dirigida da seguinte forma: dois pilotos da mesma categoria não poderiam ficar no mesmo grupo. A F1 — UEFA do sorteio — era a exceção, mas também não poderia ter três pilotos na mesma chave.
 
Os confrontos serão todos definidos pelo voto popular e a eleição de cada jogo será aberta um dia antes da partida correspondente na Copa do Mundo. Exemplo: Hamilton x Jean-Éric Vergne, o jogo de abertura da Copa do Mundo do GP, terá votação aberta nesta quarta-feira (11) e acabará no apito final de Rússia x Arábia Saudita, partida que abre a Copa do Mundo.
Jean Éric-Vergne é o oponente de Hamilton na estreia (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
A porcentagem atingida por cada um dos pilotos contará no fim como uma espécie de saldo de gols para efeito de desempate. Aliás, a porcentagem será sempre arredondada e, em caso de diferença de menos de 4% - 50x50, 51x49 ou 52x48 -, o resultado decretado será o de empate, portanto, um ponto para cada um dos pilotos.

Mais tarde, o GP vai publicar a tabela do torneio e uma página oficial pela qual os internautas poderão acompanhar os resultados e os links diretos para a votação nos jogos.
 
O sorteio realizado nesta terça-feira (12) decidiu os seguintes grupos — já na ordem dos confrontos concomitantes aos da Copa de futebol:
 
Grupo A: Lewis Hamilton, Jean-Éric Vergne, Simon Pagenaud e Kimi Räikkönen
Grupo B: Marc Márquez, Graham Rahal, Max Verstappen e Valtteri Bottas
Grupo C: Valentino Rossi, Nico Hülkenberg, Brendon Hartley e Will Power
Grupo D: Sébastien Ogier, Dani Pedrosa, Carlos Sainz Jr. e Sébastien Buemi
Grupo E: Sebastian Vettel, Josef Newgarden, Jorge Lorenzo e Daniel Serra
Grupo F: Daniel Ricciardo, Stéphane Peterhansel, Alexander Rossi e Kyle Busch
Grupo G: Scott Dixon, Fernando Alonso, Andrea Dovizioso e Nelsinho Piquet
Grupo H: Lucas Di Grassi, Timo Bernhard, Sergio Pérez e Maverick Viñales

Nas redes sociais, a Copa pode ser seguida pelas hashtags #CopaNoGP e #DriversWorldCup.