Valentino Rossi relembra briga com Marc Márquez em 2015 e admite: 'É impossível perdoá-lo'

UMA RELAÇÃO  DE PURA MÁGOA

Rossi ainda tem ressentimentos de Márquez pelo que aconteceu no GP da Malásia de 2015. O italiano admitiu crer que nunca vai perdoar o adversário.

A disputa pelo título estava entre Rossi e Jorge Lorenzo e viu o caldo entornar de vez após o GP da Austrália, quando Valentino acusou Marc de beneficiar seu compatriota espanhol na prova.

Na corrida seguinte, na Malásia, aconteceu o fatídico episódio: Rossi e Márquez emparelharam as motos e o italiano chutou o espanhol, que caiu.

O lance causou muita polêmica, mas Rossi acabou punido para a última etapa daquele campeonato e viu Lorenzo ser campeão.

"É impossível perdoá-lo. O que fez não pode ser perdoado. Quando penso naqueles dias, ainda tenho o mesmo sentimento. E seis anos já se passaram. Não acredito que isso vá mudar."

Os anos se passaram, e muita coisa mudou na vida dos dois grandes nomes da MotoGP nas últimas décadas...

A partir de 2016, a MotoGP viveu um domínio absurdo de Márquez, que só não conquistou o título do ano passado porque quebrou o braço na primeira prova e não mais voltou a correr. Não se sabe quando ele volta à Honda.

Rossi só viu sua seca de títulos se prolongar — o italiano não é campeão desde 2019. Após anos no time principal da Yamaha, Valentino passa a correr neste ano pela SRT, a equipe satélite, ao lado de Franco Morbidelli.

Acompanhe a cobertura da MotoGP 2021 no GRANDE PRÊMIO