Endurance
17/06/2017 16:00

Toyota comanda primeiro quarto das 24h de Le Mans, mas Porsche segue na briga. Senna e Serra lideram categorias

As seis primeiras horas da prova tiveram a Toyota como grande protagonista. O TS050 #7 guiado por Kamui Kobayashi, Mike Conway e Stéphane Sarrazin comandou os trabalhos, mas a Porsche segue na briga com o #1, enquanto o 919 Hybrid #2 teve problemas no conjunto híbrido e está fora da luta pela vitória. Os brasileiros mostraram bom desempenho, mas o carro de Rubens Barrichello apresentou problemas
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré

O primeiro quarto da edição 85 das 24 Horas de Le Mans teve a Toyota como protagonista. Pole-position graças ao recorde histórico de Kamui Kobayashi, o TS050 Hybrid #7, compartilhado também por Mike Conway e Stéphane Sarrazin, liderou toda a corrida até o momento na tarde deste sábado (17). Mas quem esperava um domínio dos japoneses também com o segundo carro, o #8, se enganou. A Porsche segue na briga com o 919 Hybrid #1, de André Lotterer, Neel Jani e Nick Tandy, que colocaram o protótipo à frente do segundo Toyota, de Sébastien Buemi, Anthony Davidson e Kazuki Nakajima. Mas o Porsche #2 teve problemas no sistema híbrido, ficou uma hora e cinco minutos nos boxes e perdeu 18 voltas para o líder, ficando sem qualquer chance de lograr um bom resultado.

Os brasileiros foram bem, muito bem nas primeiras seis horas de prova. Bruno Senna forma o conjunto que é líder da classe LMP2. Ao lado de Nicolas Prost e Julien Canal, o brasileiro guia o Oreca-Gibson #31 da Rebellion e está logo à frente do compatriota Nelsinho Piquet, seu companheiro de equipe, que pilota o #13 junto com Mathias Beche e Daniel Heinemeier Hansson.

Até o momento, foi uma prova sem grandes incidentes. As bandeiras amarelas, com as demarcações das 'slow zones', foram apenas localizadas. Não houve nenhum acidente mais sério ao longo da disputa que contou com tempo bom e muito calor. Não há previsão de chuva para as próximas horas, mas a expectativa é de muita emoção na sequência das 24h de Le Mans. A partir das 21h deste sábado (17), Rodrigo Mattar, comentarista dos canais Fox Sports e dono do blog A Mil Por Hora, comenta em tempo real parte da prova no GRANDE PRÊMIO. Siga tudo AO VIVO.
A Toyota deu as cartas neste primeiro quarto das 24h de Le Mans (Foto: Toyota)
Saiba como foram as seis primeiras horas das 24h de Le Mans

Com a bandeirada dada por Chase Carey e debaixo de muito calor, a 85ª edição das 24 Horas de Le Mans começou com o Toyota TS050 #7 guiado por Mike Conway na frente. O Porsche #1 de Neel Jani pulou para segundo e deixou o Toyota #8, de Sébastien Buemi, em terceiro. Ainda nas primeiras curvas, Oli Webb enfrentou um problema com o pneu e perdeu muitas posições com o protótipo da ByKolles.
 
Na LMP2, quem tomou a ponta nos primeiros minutos foi o Oreca-Gibson da Jackie Chan Racing, guiado por Oliver Jarvis, que vinha logo à frente de Bruno Senna. A disputa pela dianteira na LMGTE-Pro tinha o comando dos carros da Aston Martin, enquanto o pole da LMGTE-Am, Fernando Rees, seguia na ponta da sua classe com o Chevrolet Corvette #50.
A largada das 24h de Le Mans (Foto: Joao Flilipe Alves Beato/WEC)

O primeiro incidente da corrida aconteceu com o americano de ascendência brasileira Gustavo Menezes, que ficou atolado na brita com o protótipo da Signatech e levou um bom tempo para sair de lá. Mais adiante, Buemi assumia a segunda colocação depois da primeira entrada da Porsche nos boxes e completava a dobradinha momentânea da Toyota, que também estava em quinto com Nicolás Lapierre. A Porsche tinha P3 e P4.
 
Os primeiros abandonos aconteceram pouco depois. Um choque entre o G-Drive de Roman Rusinov, da LMP2, e o Porsche da Proton, pilotado pelo árabe Khaled Al Qubasi, resultou no abandono do conjunto do carro #88 na classe LMGTE-Am. Em seguida, foi a vez também do fim da corrida para o conjunto que largou na pole da LMP2.
 
Após pouco mais de uma hora de disputa, os Rebellion começavam a se destacar na LMP2. Bruno Senna fechava na frente após 14 voltas de prova e tinha atrás dois carros da Manor, guiados por Vitaly Petrov e Jean-Éric Vergne, enquanto Nelsinho Piquet, com o outro Rebellion, aparecia em quarto.
Porsche #2 teve problemas com três horas e meia de prova (Foto: Twitter/Reprodução)
Depois que os líderes na LMP1 fizeram as respectivas paradas, a verdade se restabeleceu, o Porsche #1 retomou o segundo lugar e nem estava tão distante assim do Toyota que comandava as 24 Horas de Le Mans. E na LMGTE-Pro, os Aston Martin continuavam ditando as regras, com Marco Sorensen na frente com o #95 e Daniel Serra vindo logo atrás com o Vantage #97. Na LMGTE-Am, com a troca de pilotos, o veteraníssimo Paul Dalla Lana se colocava na frente, também com Aston Martin.
 
Serra assumia a liderança na LMGTE-Pro depois que Sorensen teve um pneu furado no meio do circuito e perdeu muito tempo antes de fazer o pit-stop. Quem também tinha problemas era a Porsche. Grandes problemas no eixo dianteiro. Earl Bamber, vencedor em 2015 ao lado de Nico Hülkenberg e Nick Tandy, foi aos boxes, e a Porsche recolheu o #2 para fazer os devidos reparos. Assim, a Toyota passava a ter três protótipos entre os quatro primeiros colocados da corrida, com Kobayashi de volta ao comando do TS050 #7.
 
Depois de Rubens Barrichello fazer seu primeiro turno na prova com o Dallara-Gibson da Racing Team Nederland, era a vez do veteraníssimo Jan Lammers acelerar o protótipo #29, que vinha em 23º na classificação geral. Tony Kanaan e Scott Dixon também abriam suas respectivas jornadas na prova em Le Mans, enquanto Pipo Derani dava show ao emparelhar lado a lado com Billy Johnson, outro piloto com Ford GT da Ganassi.
Depois de mais de uma hora nos boxes, o Porsche #2 voltou à pista com 19 voltas atrás do líder (Foto: Reprodução)
A Porsche teve muito, muito trabalho. Mas conseguiu colocar o #2 de volta à pista depois de 1h05 nos boxes. Com Brendon Hartley ao volante, o conjunto voltou com 19 voltas de atraso para o líder e em 56º, sendo o penúltimo na pista, e só seria mesmo possível completar a corrida, já que qualquer chance de um bom resultado já havia caído por terra. Kobayashi, por sua vez, fazia um stint mais curto com o Toyota líder da prova, com apenas 12 voltas antes de fazer uma nova parada. A equipe japonesa buscava, sobretudo, fugir do intenso tráfego.

Quem passava a ter problemas era a Toyota por conta de um problema na porta do TS050 #9. Yuji Kunimoto estava nos boxes para que a equipe pudesse fazer o reparo, mas os trabalhos levaram um pouco mais de tempo que o previsto. Lá na frente, André Lotterer, no seu stint com o Porsche #1, conseguia reduzir a vantagem para Stéphane Sarrazin, no Toyota líder da prova. E na LMP2, depois de mais uma parada de boxes e de outro stint, a Rebellion seguia na frente com o #31, que era guiado por Julien Canal, companheiro de equipe de Senna, enquanto o #13, de de Piquet, vinha em segundo na categoria.



E na reta Mulsanne, a Ferrari #82 da Risi Competizione, pilotada por Pierre Kaffer, era tocada pelo Oreca-Gibson da TDS Racing, guiado por Mathieu Maxivière, e batia de frente contra o guard-rail. Não houve grandes consequências para o piloto alemão, mas era o fim da prova para a tripulação. A direção de prova determinou a 'slow zone' no trecho para fazer os reparos no guard-rail pouco antes da chicane.
Carro de Rubens Barrichello nos boxes com problemas (Foto: Reprodução)

Durante a fase em que a prova contou com as 'slow zones', Rubens Barrichello teve uma má notícia: a Racing Team Nederland recolheu o carro para os boxes para averiguar um problema no Dallara P217. O principal objetivo da equipe era, no fim das contas, chegar ao fim da prova, já que a diferença de performance em relação aos protótipos de chassi Oreca era bastante considerável.

Por outro lado, Pipo Derani comemorava a boa jornada em Le Mans e, depois de mais um stint, falava à transmissão da emissora Eurosport. “Tem sido muito bom. Estamos sendo muito rápidos, está tudo muito apertado. É uma corrida muito longa, então tudo pode acontecer”. O Ford GT #67 de Derani, Harry Tincknell e Andy Priaulx aparecia em segundo na LMGTE-Pro.

Mundial de Endurance, 24 Horas de Le Mans, classificação após seis horas: 

1 7 MIKE CONWAY
KAMUI KOBAYASHI
STÉPHANE SARRAZIN
ING
JAP
FRA
P1 TOYOTA
TS050 Hybrid
96 voltas  
 
 
2 1 NEEL JANI
ANDRÉ LOTTERER
NICK TANDY
SUI
ALE
ING
P1 PORSCHE LMP Team
Porsche 919
Hybrid
+27.745  
 
 
3 8 SÉBASTIEN BUEMI
ANTHONY DAVIDSON
KAZUKI NAKAJIMA
SUI
ING
JAP
P1 TOYOTA
TS050 Hybrid
+31.537  
 
 
4 9 NICOLAS LAPIERRE
YUJI KUNIMOTO
JOSÉ MARÍA LÓPEZ
FRA
JAP
ARG
P1 TOYOTA
TS050 Hybrid
+1 volta  
 
 
5 31 NICOLAS PROST
BRUNO SENNA
JULIEN CANAL
FRA
BRA
FRA
P2 VAILLANTE REBELLION
Oreca 07
Gibson
+5 voltas  
 
 
6 13 NELSINHO PIQUET
MATHIAS BECHE
DAVID H. HANSSON
BRA
BRA
DIN
P2 VAILLANTE REBELLION
Oreca 07
Gibson
+5 voltas  
 
 
7 24 TOR GRAVES
JONATHAN HIRSCHI
JEAN-ÉRIC VERGNE
TAI
SUI
FRA
P2 CEFC MANOR TRS RACING
Oreca 07
Gibson
+6 voltas  
 
 
8 38 HO-PIN TUNG
THOMAS LAURENT
OLIVER JARVIS
CHN
FRA
ING
P2 JACKIE CHAN DC RACING
Oreca 07
Gibson
+6 voltas  
 
 
9 37 DAVID CHENG
ALEX BRUNDLE
TRISTAN GOMMENDY
CHN
ING
FRA
P2 JACKIE CHAN DC RACING
Oreca 07
Gibson
+6 voltas  
 
 
10 35 NELSON PANCIATICI
PIERRE RAGUES
ANDRÉ NEGRÃO
FRA
FRA
BRA
P2 SIGNATECH ALPINE MATMUT
Alpine A470
Gibson
+6 voltas  
 
 
11 25 ROBERTO GONZÁLEZ
SIMON TRUMMER
VITALY PETROV
MEX
SUI
RUS
P2 CEFC MANOR TRS RACING
Oreca 07
Gibson
+6 voltas  
 
 
12 40 JAMES ALLEN
FRANCK MATÉLLI
RICHARD BRADLEY
AUS
FRA
ING
P2 GRAFF
Oreca 07
Gibson
+6 voltas  
 
 
13 32 WILLIAM OWEN
HUGO DE SADELEER
FILIPE ALBUQUERQUE
EUA
SUI
POR
P2 UNITED AUTOSPORTS
Ligier JS P217
Gibson
+6 voltas  
 
 
14 27 MIKHAIL ALESHIN
VIKTOR SHAYTAR
SERGEY SIROTKIN
RUS
RUS
RUS
P2 SMP RACING
Dallara P217
Gibson
+7 voltas  
 
 
15 21 HENDRIK HEDMAN
BEN HANLEY
FELIX ROSENQVIST
SUE
ING
SUE
P2 DRAGONSPEED - 10 STAR
Oreca 07
Gibson
+7 voltas  
 
 
16 28 FRANÇOIS PERRODO
EMMANUEL COLLARD
MATTHIEU VAXIVIÉRE
FRA
FRA
FRA
P2 TDS RACING
Oreca 07
Gibson
+7 voltas  
 
 
17 47 ANDREA BELICCHI
ROBERTO LACORTE
GIORGIO SERNAGIOTTO
ITA
ITA
ITA
P2 CETILAR VILLORBA CORSE
Dallara P217
Gibson
+8 voltas  
 
 
18 34 NIGEL MOORE
PHILLIP HANSON
KARUN CHANDHOK
ING
ING
IND
P2 TOCKWITH MOTORSPORTS
Ligier JS P217
Gibson
+8 voltas  
 
 
19 23 FABIEN BARTHEZ
TIMOTHÉ BURET
NATHANAËL BERTON
FRA
FRA
FRA
P2 PANIS-BARTHEZ COMPÉTITION
Ligier JS P217
Gibson
+8 voltas  
 
 
20 17 PATRICE LAFARGUE
PAUL LAFARGUE
DAVID ZOLLINGER
FRA
FRA
FRA
P2 IDEC SPORT RACING
Ligier JS P217
Gibson
+8 voltas  
 
 
21 33 ERIK MARIS
JACQUES NICOLET
PIERRE NICOLET
FRA
FRA
FRA
P2 EURASIA MOTORSPORT
Ligier JS P217
Gibson
+9 voltas  
 
 
22 39 ENZO GUIBBERT
ÉRIC TROUILLET
JAMES WINSLOW
FRA
FRA
ING
P2 GRAFF
Oreca 07
Gibson
+10 voltas  
 
 
23 29 JAN LAMMERS
RUBENS BARRICHELLO
FRITS VAN EERD
HOL
BRA
HOL
P2 RACING TEAM NEDERLAND
Dallara P217
Gibson
+10 voltas  
 
 
24 43 BEN KEATING
JEROEN BLEEKEMOLEN
RICKY TAYLOR
EUA
HOL
EUA
P2 KEATING MOTORSPORTS
Riley Mk. 30
Gibson
+11 voltas  
 
 
25 97 DARREN TURNER
JONATHAN ADAM
DANIEL SERRA
ING
ING
BRA
GTE
PRO
ASTON MARTIN RACING
Aston Martin Vantage GTE
+11 voltas  
 
 
26 67 ANDY PRIAULX
HARRY TINCKNELL
PIPO DERANI
ING
ING
BRA
GTE
PRO
FORD CHIP GANASSI TEAM UK
Ford GT GTE EcoBoost
+12 voltas  
 
 
27 66 STEFAN MÜCKE
OLIVIER PLA
BILLY JOHNSON
ALE
FRA
EUA
GTE
PRO
FORD CHIP GANASSI TEAM UK
Ford GT GTE EcoBoost
+12 voltas  
 
 
28 51 JAMES CALADO
ALESSANDRO PIER GUIDI
MICHELE RUGOLO
ING
ITA
ITA
GTE
PRO
AF CORSE
FERRARI 488 GTE
+12 voltas  
 
 
29 64 OLIVER GAVIN
TOMMY MILNER
MARCEL FÄSSLER
ING
EUA
SUI
GTE
PRO
CORVETTE RACING - GM
Chevrolet Corvette C7.R
+12 voltas  
 
 
30 63 JAN MAGNUSSEN
ANTONIO GARCÍA
JORDAN TAYLOR
DIN
ESP
EUA
GTE
PRO
CORVETTE RACING - GM
Chevrolet Corvette C7.R
+12 voltas  
 
 
31 71 SAM BIRD
DAVIDE RIGON
MIGUEL MOLINA
ING
ITA
ESP
GTE
PRO
AF CORSE
FERRARI 488 GTE
+12 voltas  
 
 
32 68 JOEY HAND
DIRK MÜLLER
TONY KANAAN
EUA
ALE
BRA
GTE
PRO
FORD CHIP GANASSI TEAM USA
Ford GT GTE EcoBoost
+12 voltas  
 
 
33 91 RICHARD LIETZ
FRÉDÉRIC MAKOWIECKI
PATRICK PILET
AUT
FRA
FRA
GTE
PRO
PORSCHE GT TEAM
Porsche 911 RSR 2017
+12 voltas  
 
 
34 92 MICHAEL CHRISTENSEN
KÉVIN ESTRE
DIRK WERNER
DIN
FRA
ALE
GTE
PRO
PORSCHE GT TEAM
Porsche 911 RSR 2017
+12 voltas  
 
 
35 69 RYAN BRISCOE
SCOTT DIXON
RICHARD WESTBROOK
AUS
NZL
ING
GTE
PRO
FORD CHIP GANASSI TEAM USA
Ford GT GTE EcoBoost
+12 voltas  
 
 
36 95 NICKI THIIM
MARCO SØRENSEN
RICHIE STANAWAY
DIN
DIN
NZL
GTE
PRO
ASTON MARTIN RACING
Aston Martin Vantage GTE
+12 voltas  
 
 
37 98 PAUL DALLA LANA
PEDRO LAMY
MATHIAS LAUDA
CAN
POR
AUT
GTE
AM
ASTON MARTIN RACING
Aston Martin Vantage GTE
+13 voltas  
 
 
38 84 ROBERT SMITH
WILL STEVENS
DRIES VANTHOOR
ING
ING
BEL
GTE
AM
JMW MOTORSPORT
Ferrari 458 Italia GT2
+13 voltas  
 
 
39 90 SALIH YOLUC
EUAN HANKEY
ROB BELL
TUR
ING
ING
GTE
AM
TF SPORT
Aston Martin Vantage GTE
+14 voltas  
 
 
40 62 COOPER MacNEIL
TOWNSEND BELL
BILL SWEEDLER
EUA
EUA
EUA
GTE
AM
SCUDERIA CORSA
Ferrari 488 GTE
+14 voltas  
 
 
41 77 CHRISTIAN RIED
MARVIN DIENST
MATTEO CAIROLI
ALE
ALE
ITA
GTE
AM
DEMPSEY-PROTON RACING
Porsche 911 RSR 2016
+14 voltas  
 
 
42 55 DUNCAN CAMERON
AARON SCOTT
MARCO CIOCI
ING
ING
ITA
GTE
AM
SPIRIT OF RACE
Ferrari 488 GTE
+14 voltas  
 
 
43 61 MATTHEW GRIFFIN
WENG SUN MOK
KEITA SAWA
IRL
SIN
JAP
GTE
AM
CLEARWATER RACING
Ferrari 488 GTE
+14 voltas  
 
 
44 65 CHRISTINA NIELSEN
ALESSANDRO BALZAN
BRET CURTIS
DIN
ITA
EUA
GTE
AM
SCUDERIA CORSA
Ferrari 488 GTE
+14 voltas  
 
 
45 99 ANDREW HOWARD
ROSS GUNN
OLIVER BRYANT
ING
ING
ING
GTE
AM
BEECHDEAN AMR
Aston Martin Vantage GTE
+14 voltas  
 
 
46 93 PATRICK LONG
ABDULAZIZ AL FAISAL
MIKE HEDLUND
EUA
SAU
EUA
GTE
AM
PROTON COMPETITION
Porsche 911 RSR 2016
+15 voltas  
 
 
47 36 ROMAIN DUMAS
GUSTAVO MENEZES
MATTHEW RAO
FRA
EUA
ING
P2 SIGNATECH ALPINE MATMUT
Alpine A470
Gibson
+15 voltas  
 
 
48 86 MICHAEL WAINWRIGHT
BEN BARKER
NICK FOSTER
ING
ING
AUS
GTE
AM
GULF RACING UK
Porsche 911 RSR 2016
+15 voltas  
 
 
49 83 TRACY KROHN
NICLAS JÖNSSON
ANDREA BERTOLINI
EUA
SUE
ITA
GTE
AM
DH RACING
Ferrari 488 GTE
+15 voltas  
 
 
50 54 THOMAS FLOHR
FRANCESCO CASTELLACI
OLIVIER BERETTA
SUI
ITA
MON
GTE
AM
SPIRIT OF RACE
Ferrari 488 GTE
+16 voltas  
 
 
51 60 ÁLVARO PARENTE
RICHARD WEE
HIROKI KATOH
POR
SIN
JAP
GTE
AM
CLEARWATER RACING
Ferrari 488 GTE
+16 voltas  
 
 
52 50 ROMAIN BRANDELA
CHRISTIAN PHILLIPPON
FERNANDO REES
FRA
FRA
BRA
GTE
AM
LARBRE COMPÉTITION
Chevrolet Corvette C7.R
+16 voltas  
 
 
53 45 MARK PATTERSON
VINCENT CAPILLAIRE
MATTHEW MCMURRY
EUA
FRA
EUA
P2 ALGARVE PRO RACING
Ligier JS P217
Gibson
+18 voltas  
 
 
54 2 TIMO BERNHARD
EARL BAMBER
BRENDON HARTLEY
ALE
NZL
NZL
P1 PORSCHE LMP Team
Porsche 919
Hybrid
+18 voltas  
 
 
55 22 MEMO ROJAS
RYŌ HIRAKAWA
JOSÉ GUTIÉRREZ
MEX
JAP
MEX
P2 G-DRIVE RACING
Oreca 07
Gibson
+19 voltas  
 
 
56 82 GIANCARLO FISICHELLA
TONI VILANDER
PIERRE KAFFER
ITA
FIN
ALE
GTE
PRO
RISI COMPETIZIONE
FERRARI 488 GTE
+24 voltas  
 
 
57 49 MIROSLAV KONÔPKA
KONSTANTINS CALKO
RIK BREUKERS
ESL
LET
HOL
P2 ARC BRATISLAVA
Ligier JS P217
Gibson
+26 voltas  
 
 
58 26 ROMAN RUSINOV
PIERRE THIRIET
ALEX LYNN
RUS
FRA
ING
P2 G-DRIVE RACING
Oreca 07
Gibson
Abandonou  
 
 
59 88 STÉPHANE LÉMERET
KLAUS BACHLER
KHALED AL QUBAISI
BEL
AUT
EAU
GTE
AM
PROTON COMPETITION
Porsche 911 RSR 2016
Abandonou  
 
 
60 4 OLIVER WEBB
DOMINIK KRAIHAMER
MARCO BONANOMI
ING
AUT
ITA
P1 ByKOLLES Racing
Enso CLM P1/01-NISSAN
Abandonou  
 
 
O CANADÁ É PARA HAMILTON O QUE MÔNACO FOI PARA SENNA?


Últimas Notícias
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018
F1
Stock Car
Stock Car
F1
MotoGP
F1
F1
F1
MotoGP
F1
F1
MotoGP
F1
MotoGP
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook