F1
22/06/2018 12:29

Hamilton confirma força da Mercedes e termina na frente sexta-feira de treinos livres em Paul Ricard

Assim como no treino da manhã, Lewis Hamilton fechou a sessão da tarde desta sexta-feira (22) novamente no topo da tabela de tempos em Paul Ricard. Sua volta, contudo, foi um pouco mais lenta em relação ao TL1. Daniel Ricciardo e Max Verstappen fecharam o top-3, novamente colocando a Red Bull à frente da Ferrari
Warm Up / FERNANDO SILVA,  de Sumaré
 Lewis Hamilton (Foto: AFP)

A sexta-feira (22) que marcou definitivamente o retorno da F1 a Paul Ricard representou também a confirmação do protagonismo de Lewis Hamilton. O tetracampeão mundial, que já havia liderado o primeiro treino nesta manhã, repetiu a façanha à tarde ao marcar 1min32s539 para recolocar a Mercedes na frente. Contudo, seu melhor tempo foi um pouco mais lento em relação à marca estabelecida no TL1: 1min32s231.

Desta vez, Valtteri Bottas não completou a dobradinha prateada por conta de um vazamento de água do seu carro. Assim, a melhor marca do finandês, 1min34s156 — com pneus macios —, lhe garantiu apenas o sétimo lugar. O segundo melhor tempo da tarde foi de Daniel Ricciardo, que no entanto foi 0s7 mais lento que Hamilton e usando os ultramacios. E Max Verstapen completou o top-3 reforçando a posição da Red Bull à frente da Ferrari, que terminou novamente em quarto e quinto com Kimi Räikkönen e Sebastian Vettel, respectivamente.
Lewis Hamilton foi novamente soberano na tarde desta sexta-feira em Paul Ricard (Foto: Mercedes)
Romain Grosjean voltou a andar bem com a Haas e repetiu o sexto lugar da manhã nesta tarde. O dono da casa fechou o dia logo à frente de Bottas. Fernando Alonso, no fim do treino, subiu para oitavo, enquanto Kevin Magnussen manteve o bom rendimento da equipe norte-americana ao finalizar em nono. Pierre Gasly, também francês, completou o rol dos dez primeiros.

A sessão foi marcada também por um incidente perigoso quando Sergio Pérez viu a roda traseira esquerda do seu Force India se soltar. A direção de prova teve de acionar a bandeira vermelha por alguns minutos.

A F1 volta a acelerar neste sábado em Paul Ricard com o terceiro treino livre, a partir de 8h (horário de Brasília), enquanto o treino classificatório está marcado para 11h. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL. Acompanhe tudo aqui.

Saiba como foi o segundo treino livre do GP da França de F1

A dupla de pilotos da Haas puxou a fila no início do segundo treino livre desta sexta-feira em Paul Ricard. E logo nos primeiros minutos, Romain Grosjean escapava da pista, mostrando que os problemas de aderência dos pneus em relação ao novíssimo asfalto francês seriam a tônica durante a sessão. Em seguida, Fernando Alonso era outro que dava sua escapada. A pista estava mais quente, com quase 50ºC e 30ºC de temperatura ambiente.

Logo depois, era Kimi Räikkönen o próximo a rodar, ali na saída da curva 1. Sergio Pérez também tinha suas dificuldades com a aderência do asfalto de Le Castellet. O fato é que os primeiros minutos mostravam Grosjean e Kevin Magnussen nas duas primeiras colocações. Cenário que mudaria pouco tempo depois, quando Kimi Räikkönen e Sebastian Vettel, com pneus macios, avançaram para a dianteira da tabela de tempos.

Com os supermacios, Max Verstappen posicionou a Red Bull na liderança do treino com 1min34s923, ainda muito acima do 1min32s231 estabelecido por Lewis Hamilton pela manhã. Em seguida, a Ferrari dava sinais de reação depois da discrição no primeiro treino com Vettel na frente com 1min34s647. E a Mercedes lançava Lewis Hamilton e Valtteri Bottas à pista. Também com os pneus supermacios. Aí Bottas foi mais rápido que Hamilton e assumiu a liderança com 1min34s156. Na volta seguinte, o finlandês ficou perto de melhorar sua marca com a melhor parcial nos dois primeiros setores, mas perdeu tempo no último.
Sergey Sirotkin para nos boxes... da Force India (Foto: Reprodução)
Uma das cenas curiosas do treino foi quando Sergey Sirotkin, último colocado do primeiro treino com a Williams, parou seu carro no pit-lane... da Force India. Logo, o russo foi ajudado pelos mecânicos a se posicionar no lugar correto.

Aí finalmente Hamilton conseguia encaixar uma boa volta. Volta que o colocava direto no topo da tabela com 1min33s915. Na volta seguinte, o tetracampeão melhorou bem seu tempo ao registrar 1min33s582 após meia hora de sessão. No segundo terço do treino, os pilotos, em sua maioria, passaram a acelerar com os pneus ultramacios, os mais rápidos do fim de semana.
Roda escapa do carro de Sergio Pérez no segundo treino em Paul Ricard (Foto: Reprodução)
Aí os tempos despencaram. Vettel chegou a avançar para segundo, enquanto Magnussen tinha a quarta marca. Hamilton seguia na liderança, mas até que veio Daniel Ricciardo para ratificar o ótimo rendimento da Red Bull. O australiano marcou 1min33s243 para assumir a dianteira. Até que a bandeira vermelha tremulou com 44 minutos de sessão por conta de um acidente sofrido por Sergio Pérez. A roda traseira esquerda do carro #11 da Force India escapou, causando grande risco aos pilotos.

A sessão foi retomada quando restavam 38 minutos para o fim com Hamilton puxando a fila. E o piloto da Mercedes tratou de forçar o ritmo para medir forças com a Red Bull. Deu certo, e com o melhor tempo nos três setores, o tetracampeão marcou 1min32s539, ainda abaixo da marca da manhã, mas o bastante para liderar o TL2. Verstappen subia para terceiro, enquanto Bottas conversava com Niki Lauda nos boxes da Mercedes ao mesmo tempo em que os mecânicos trabalhavam no seu carro para solucionar um aparente vazamento de água.

Nos minutos finais, pilotos e equipes se concentraram no trabalho de simulação de corrida, de modo que a ordem da tabela de tempos não foi alterada. Liderança de novo da Mercedes com Hamilton, Red Bull à frente da Ferrari e a Haas dando sinais nítidos de reação, enquanto a McLaren passou longe dos dez primeiros até que Alonso salvou o treino com um bom oitavo lugar no fim. E Brendon Hartley enfrentou problemas na sua Toro Rosso, o que levou a direção de prova a acionar o safety-car virtual pouco antes do encerramento da sessão.

F1 2018, GP da França, Paul Ricard, treino livre 2:

1   44 Lewis HAMILTON ING Mercedes 1:32.539  
2   3 Daniel RICCIARDO AUS Red Bull Tag Heuer 1:33.243 +0.704
3   33 Max VERSTAPPEN HOL Red Bull Tag Heuer 1:33.271 +0.732
4   7 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Ferrari 1:33.426 +0.887
5   5 Sebastian VETTEL ALE Ferrari 1:33.689 +1.150
6   8 Romain GROSJEAN FRA Haas Ferrari 1:33.699 +1.160
7   77 Valtteri BOTTAS FIN Mercedes 1:34.156 +1.617
8   14 Fernando ALONSO ESP McLaren Renault 1:34.400 +1.861
9   20 Kevin MAGNUSSEN DIN Haas Ferrari 1:34.457 +1.918
10   10 Pierre GASLY FRA Toro Rosso Honda 1:34.535 +1.996
11   27 Nico HÜLKENBERG ALE Renault 1:35.067 +2.528
12   55 Carlos SAINZ JR ESP Renault 1:35.086 +2.547
13   2 Stoffel VANDOORNE BEL McLaren Renault 1:35.172 +2.633
14   16 Charles LECLERC MCO Sauber Ferrari 1:35.583 +3.044
15   28 Brendon HARTLEY NZL Toro Rosso Honda 1:35.697 +3.158
16   31 Esteban OCON FRA Force India Mercedes 1:35.705 +3.166
17   18 Lance STROLL CAN Williams Mercedes 1:35.936 +3.397
18   35 Sergey SIROTKIN RUS Williams Mercedes 1:35.970 +3.431
19   11 Sergio PÉREZ MEX Force India Mercedes 1:36.080 +3.541
20   9 Marcus ERICSSON SUE Sauber Ferrari    
          Tempo 107% 1:39.017 +6.478



HISTÓRIA ESCRITA SEM BRILHO

REGULAMENTO TIRA BRILHO DE VITÓRIA DA TOYOTA EM LE MANS