Stock Car
12/05/2017 08:49

Cacá Bueno homenageia Ayrton Senna com pintura inspirada na Lotus-Camel na etapa de Santa Cruz do Sul

O carro #0 de Cacá Bueno no fim de semana da etapa de Santa Cruz do Sul da Stock Car, entre 19 e 21 de maio, vai ser todo diferente do habitual verde da Cimed. A equipe bicampeã da principal categoria do Brasil adotou uma pintura alusiva ao Lotus-Camel guiado por Ayrton Senna em 1987 para o carro do maior campeão em atividade na Stock Car
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré
 

Ayrton Senna vai ser representado no grid da Stock Car pelo maior campeão em atividade da categoria na etapa de Santa Cruz do Sul, no próximo fim de semana. Em iniciativa da Cimed, Cacá Bueno vai ter o tradicional verde substituído pelo amarelo e uma pintura alusiva ao Lotus-Camel guiado por Senna em 1987 no Mundial de F1. Até mesmo o logo da farmacêutica vai ter os caracteres todos inspirados na icônica marca que foi a patrocinadora da Lotus em meados dos anos 1980. 
 
Cacá Bueno, ainda, vai usar como macacão uma réplica do modelo utilizado por Senna na época. Logo após a corrida, a vestimenta será colocada em leilão e vai ter os fundos revertidos ao Instituto Ayrton Senna.
Cacá Bueno vai correr com pintura em homenagem a Ayrton Senna em Santa Cruz do Sul (Foto: Divulgação)
A novidade foi antecipada por João Adibe, dono da Cimed, em sua conta no Instagram, colocando as imagens da Lotus de Senna em 1987 e da pintura do carro de Cacá Bueno para a etapa de Santa Cruz do Sul. O layout do pentacampeão da Stock Car também vai mostrar outras duas grandes marcas de Senna: o autógrafo e também as listras em verde e azul.

“Estou muito honrado em fazer esta homenagem em parceria com o Instituto Ayrton Senna. Ele sempre foi e será meu grande ídolo no esporte e na vida, a quem devo muito por hoje ser um piloto profissional de corridas”, comemorou Cacá Bueno.
 
“Além de um grande incentivador, o Ayrton sempre teve muito carinho por nós: lembro da luva que ele me deu quando ainda estava no kart.. Imagine o que é para uma criança ganhar uma luva do Senna! Só podia ter virado piloto, mesmo. Será inesquecível correr com um carro de corrida nas mesmas cores daquele carro que eu torci tanto para ganhar em Mônaco”, acrescentou o pentacampeão, que chegou a ver com seu pai, Galvão Bueno, algumas das corridas da F1 nos anos de Senna.
 
Para o Instituto Ayrton Senna, a homenagem faz parte de uma estratégia de ações especiais focando os 30 anos da primeira vitória do piloto no Principado, que completa 30 anos neste mês de maio. Depois do triunfo no GP de 1987, o brasileiro alcançou o recorde de seis conquistas, até hoje imbatível, vencendo também as provas de 1989, 1990, 1991, 1992 e 1993.
Pintura do carro de Cacá Bueno teve consultoria de Raí Caldato, designer do capacete de Hamilton (Foto: Divulgação/RF1)
Bianca Senna, irmã de Bruno e sobrinha de Ayrton, também é diretora do Instituto Ayrton Senna. Ela destacou a iniciativa em conjunto com a Cimed Racing para o fim de semana da etapa de Santa Cruz do Sul em uma época de tantas lembranças.
 
“Será um ano de memórias muito especiais para a nossa família e para o Instituto Ayrton Senna. A história do meu tio está totalmente ligada ao GP de Mônaco, inclusive não apenas pelas vitórias, mas também por momentos como sua estreia em 1984, quando poderia ter vencido não fosse a interrupção da prova e mesmo assim chegou ao pódio com o segundo lugar em sua sexta corrida na F1”, declarou.
 
Desenhado pelo departamento de criação da Cimed, o layout do carro de Cacá para Santa Cruz do Sul contou com consultoria do Instituto Ayrton Senna e de Raí Caldato, designer brasileiro que trabalha com Alan Mosca e venceu o concurso da pintura de capacete de Lewis Hamilton neste ano.
 
“Queremos que todos os fãs de esporte e em especial os de Ayrton Senna vejam nosso carro e relembrem daquele momento fantástico do Brasil vivido há exatos 30 anos. Inclusive alteremos nossa marca excepcionalmente nesta etapa para fazer o layout ficar ainda mais próximo do usado por Senna em 87, usando até o mesmo tipo de fonte e letra da época. Também vamos fazer um macacão especial, que será usado pelo Cacá e depois leiloado para reverter fundos para as ações do Instituto Ayrton Senna. Será uma homenagem inesquecível”, diz João Adibe, presidente do Grupo Cimed.
O macacão de Cacá Bueno vai ser leiloado e terá a renda revertida ao Instituto Ayrton Senna (Arte: Divulgação/RF1)
O “Stock Car Lotus 87 Senna” da Cimed Racing pilotado por Cacá Bueno vai fazer sua estreia oficial na pista nesta sexta-feira, na disputa do primeiro treino livre em Santa Cruz do Sul, palco da terceira rodada dupla da temporada.
 
Felipe Fraga, atual campeão da Stock Car, Marcos Gomes e Denis Navarro, os pilotos que formam o quarteto da Cimed na Stock Car ao lado de Cacá, vão correr com as pinturas habituais em Santa Cruz do Sul, com os carros predominantemente em verde.

Após quatro corridas já disputadas na temporada, Cacá Bueno é o sétimo colocado e soma 47 pontos. Thiago Camilo e Daniel Serra compartilham a liderança com 69 tentos.
 
RUMOR SOBRE PRÉ-ACORDO COM MERCEDES PODE ESTRAGAR RELAÇÃO ENTRE VETTEL E FERRARI



Últimas Notícias
segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018
F1
F1
F1
F1
F1
Stock Car
F1
F1
MotoGP
F1
F1
F1
domingo, 18 de fevereiro de 2018
Nascar
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook