Stock Car
11/06/2017 13:13

Wilson lidera de ponta a ponta e fatura vitória tranquila na corrida 1 em Cascavel. Serra e Átila completam pódio

Max Wilson largou na pole-position e não foi incomodado em momento algum na prova que abriu a rodada dupla de Cascavel neste domingo. Daniel Serra completou a dobradinha da RC e Átila Abreu ganhou a posição de Thiago Camilo após a parada obrigatória
Warm Up / FERNANDO SILVA,  de Sumaré
 Wilson volta à pista à frente de Serra e parte rumo à vitória em Cascavel (Foto: Reprodução)

De ponta a ponta, Max Wilson venceu pela primeira vez na temporada 2017 da Stock Car. Pole-position no último sábado, o experiente piloto da RCM/Eurofarma não tomou conhecimento dos adversários e em momento algum foi ameaçado, nem mesmo na janela de pit-stop obrigatório neste domingo (13) em Cascavel. Wilson venceu com o carro 'azulão', enquanto Daniel Serra foi o segundo colocado e levou a melhor diante do seu grande adversário na luta pelo título, Thiago Camilo, que acabou sendo superado após o pit-stop por Átila Abreu. 

Foi a sétima vitória de um piloto diferente em sete corridas na temporada. Ricardo Maurício, que venceu a corrida 2 da última etapa em Santa Cruz do Sul, foi o quinto em Cascavel, seguido por Rubens Barrichello. Felipe Fraga, atual campeão da Stock Car, foi o sétimo, seguido por Galid Osman. Valdeno Brito fechou em nono e Marcos Gomes foi o décimo. Marquinhos, aliás, vai largar na primeira posição da prova complementar em razão da regra do grid invertido.
Max Wilson e o 'azulão' vencedor em Cascavel (Foto: Vanderley Soares)
Saiba como foi a corrida 1 da Stock Car em Cascavel

Max Wilson sustentou a liderança da corrida após largar na pole-position em um início de prova sem nenhum incidente na veloz curva do Bacião. Serra ganhou a posição de Atila antes mesmo da primeira curva e, pouco depois, foi a vez de Camilo aproveitar para fazer a ultrapassagem sobre o sorocabano. Quem também vinha bem era Antonio Pizzonia, que inclusive superava Rubens Barrichello, Ricardo Maurício e Júlio Campos e subia para quinto.

A luta por posições era intensa no pelotão intermediário da corrida, mas lá na frente Wilson conseguia sustentar com propriedade a liderança da prova. Serra era pressionado por Camilo, enquanto Átila fazia uma corrida solitária, sem ser pressionado por Maurício, que havia passado o #1 de Pizzonia. Betinho Valério, por sua vez, rodava enquanto buscava ganhar posições e caía para o fim da fila antes de abandonar a corrida. Tuka Rocha também deixava a prova.
Largada em Cascavel com Max Wilson liderando o pelotão (Foto: Reprodução)
Enquanto Bia Figueiredo também recolhia para os boxes da Full Time Academy, a disputa entre os primeiros colocados estava mais acirrada com Max, Serra e Camilo bem mais próximos após 20 minutos de corrida. Era o ponto de definição antes da abertura dos boxes para o pit-stop obrigatório em Cascavel. O primeiro a fazer sua parada foi Cacá Bueno, seguido por Allam Khodair. No geral, os pilotos optaram por não trocar pneus, apenas fazer um breve reabastecimento.

Serra parou um pouco antes, mas Max Wilson e Camilo pararam juntos na abertura da volta 22. Na volta dos pits, Max conseguiu voltar à frente de Serrinha e segurou a liderança da prova. Átila ganhou a posição de Camilo e subiu para terceiro após a parada, com Maurício em quinto e Barrichello subindo para sexto. Mas Ricardinho enfrentava um problema no pneu dianteiro direito. Ainda assim, seguiu sem fazer uma nova parada.
Antonio Pizzonia bateu no guard-rail e causou a única bandeira amarela da corrida (Foto: Reprodução)

Nos minutos finais, Pizzonia acabou rodando na última curva do circuito e bateu forte no guard-rail. Foi o suficiente para a direção de prova acionar novamente o safety-car, mas o amazonense conseguiu voltar. Muitos pilotos que estavam no fim do pelotão entraram nos boxes e trocaram pneus focando na corrida 2 do fim de semana.

A direção de prova liberou a bandeira verde restando apenas uma volta para o fim da corrida, de modo que todo mundo partiu para o ataque em Cascavel. Mas ninguém foi capaz de tirar de Max Wilson a vitória na principal prova do fim de semana no oeste do Paraná.

Stock Car, Cascavel, corrida 1, final: 

1 65 MAX WILSON SP RCM Chevrolet 41:12.000  
2 29 DANIEL SERRA SP RC Chevrolet +0.527  
3 51 ÁTILA ABREU SP TMG Chevrolet +1.191  
4 21 THIAGO CAMILO SP A.MATTHEIS Chevrolet +3.101  
5 90 RICARDO MAURÍCIO SP RC Chevrolet +4.115  
6 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME Chevrolet +4.771  
7 28 GALID OSMAN SP A.MATTHEIS Chevrolet +5.460  
8 88 FELIPE FRAGA PA CIMED PROGP Chevrolet +5.726  
9 77 VALDENO BRITO PB CARLOS ALVES Chevrolet +6.477  
10 80 MARCOS GOMES SP CIMED Chevrolet +6.743  
11 4 JÚLIO CAMPOS PR RX MATTHEIS Chevrolet +7.103  
12 0 CACÁ BUENO RJ CIMED Chevrolet +7.452  
13 30 CÉSAR RAMOS RS BLAU Chevrolet +7.968  
14 8 RAFAEL SUZUKI SP CAVALEIRO Chevrolet +8.833  
15 70 DIEGO NUNES SP HERO Chevrolet +9.802  
16 110 FELIPE LAPENNA SP CAVALEIRO Chevrolet +9.999  
17 5 DENIS NAVARRO SP CIMED PROGP Chevrolet +10.894  
18 10 RICARDO ZONTA PR TMG Chevrolet +13.561  
19 18 ALLAM KHODAIR SP FULL TIME Chevrolet +41.472  
20 83 GABRIEL CASAGRANDE PR VOGEL Chevrolet +59.653  
21 117 GUILHERME SALAS SP VOGEL Chevrolet +2 voltas NC
22 1 ANTONIO PIZZONIA AM RX MATTHEIS Chevrolet + 4 voltas NC
23 12 LUCAS FORESTI DF FULL TIME ACADEMY Chevrolet +10 voltas NC
24 46 VITOR GENZ RS CARLOS ALVES Chevrolet +11 voltas NC
25 25 TUKA ROCHA SP RCM Chevrolet +13 voltas NC
26 3 BIA FIGUEIREDO SP FULL TIME ACADEMY Chevrolet +14 voltas NC
27 73 SÉRGIO JIMENEZ SP HOT CAR Chevrolet +15 voltas NC
28 44 ALBERTO VALÉRIO MG HERO Chevrolet +20 voltas NC
29 31 MÁRCIO CAMPOS RS BLAU Chevrolet +30 voltas NC
30 9 GUGA LIMA PR HOT CAR Chevrolet +32 voltas NC
 
A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA