Copa GP

Marcos Alemão e Hélio Jr vencem baterias classificatórias da etapa da Copa GP em Interlagos

Neste sábado (16), a etapa 2 do Troféu Edgard Mello Filho é disputada sob sol escaldante em Interlagos. Vinte pilotos estão na final da prova, com largada 14h. Paulo Sant’Anna e Hélio Jr somam pontos extras pela pole
Warm Up / GUILHERME BLOISI, São Paulo / VINÍCIUS PIVA, São Paulo
Os pilotos da Copa GP de Kart estão em Interlagos, neste sábado (16), para a disputa da segunda etapa da temporada 2019. Debaixo de um sol escaldante no kartódromo, as baterias classificatórias tiveram Marcos Alemão e Hélio Jr como grandes vencedores. Com duas baterias extremamente equilibradas e repletas de emoção, a final será disputada entre os dez melhores de cada bateria.
 
BATERIA 1 – Domínio e vitória sem sustos para Alemão
 
A pole position ficou com Paulo Sant’Anna, que marcou o tempo de 1min09s008 – e conquistou um ponto extra. Mas, na largada, o piloto foi ultrapassado por Alemão e Saulo Righi e caiu direto para a terceira posição. A dupla estava muito rápida e abriu muita distância para o terceiro colocado. Marcelo Mesquita e Rodrigo Chafik fechavam o top-5.
 
A partir da volta 5, o que se viu foi uma disputa intensa no miolo. Elisson Gandolfo subiu de rendimento durante a prova e Sant’Anna, consequentemente, caiu. Ele perdeu a terceira posição para Mesquita no final desta volta, e caiu para quinto ao final do sexto giro, sendo ultrapassado por Chafik.
Marcos Alemão (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Gandolfo, até então em sexto, começou a escalar o pelotão. Na volta 9, passou Sant’anna e assumiu a quinta posição. Na décima, já era o quarto. E na 13ª volta, passou Mesquita no fim da curva um e assumiu o terceiro lugar, mantendo a posição até a bandeirada final. A vitória, mesmo com Righi pressionando, não conseguiu a ultrapassagem e Alemão terminou como vencedor.
 
Ao final da prova, Alemão comentou seu desempenho na corrida. “Peguei um kart bom no sorteio, junto com o Saulo, e por isso consegui este resultado. Fiz exatamente o que fiz na etapa da Granja e atingi o objetivo que queria. Mesmo sendo uma classificatória, a vitória é sempre importante”, afirmou.
 
Bateria 1, 15 voltas, dez classificados:
 
1 – (18) Marcos Alemão
2 – (17) Saulo Righi
3 – (36) Elisson Gandolfo
4 – (26) Marcelo Mesquita
5 – (33) Rodrigo Chafik
6 – (10) Paulo Sant’Anna
7 – (39) Alexandre Fernandes
8 – (27) Marcelo Hayasaka
9 – (15) Fábio Nakiri
10 – (31) Tony Bernardes
BATERIA 2 – Hélio Jr e Gustavo Ariel protagonizam linda disputa pela vitória
 
Hélio Jr foi o pole position com tempo cravado em 1m08s913. A largada desta bateria foi emocionante, com Hélio mantendo a liderança e André Mansano disputando com Alfredo Salvaia a segunda posição logo na primeira curva.
 
No final da primeira volta, Gustavo Ariel assumiu a segunda colocação, deixando para trás Mansano e Salvaia. Dagmar Viana fechava os cinco primeiros.
 
A partir do quarto giro, Sidney Rogério e Ricardo Talarico duelaram bastante pela sexta colocação. Na quinta volta, mudança na liderança em Interlagos: Ariel fez bela manobra em cima de Hélio e assumiu a primeira posição.
Hélio Jr (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Depois, Mansano cometeu um erro na esplanada e caiu para quinto, sendo ultrapassado por Salvaia e Viana. Após duas voltas, nova confusão envolvendo o piloto e viu Talarico passar por ele, ficando em sexto.
 
Na 11ª volta, Hélio Jr passou Ariel na esplanada e voltou ao primeiro lugar. A partir daí, muita emoção até o final da bateria. Uma confusão envolvendo Marcos Nunes, Alex Campo e J. Prioste colocou os três pilotos fora da zona de classificação para a final.
 
Na última curva, Ariel até tentou uma manobra em cima de Helio, mas não conseguiu a ultrapassagem. Ao final da prova, Hélio falou sobre a vitória. “Foi sensacional, cometi um erro e o Ariel me passou mas consegui me recuperar. Ele ainda tentou me passar de novo e consegui segurá-lo”, disse.
 
Bateria 2, 15 voltas, dez classificados:
 
1 – (11) Hélio Jr
2 – (18) Gustavo Ariel
3 – (14) Alfredo Salvaia
4 – (13) Manoel Flávio
5 – (24) Dagmar Viana
6 – (17) Kléber Barbarotti
7 – (06) André Mansano
8 – (33) Sidney Rogério
9 – (29) Guilherme Barnehi
10 – (28) Ricardo Talarico
 
O troféu desta etapa é uma homenagem ao desenvolvedor do GRANDE PRÊMIO, Rafael Silva Santos, que nos deixou em fevereiro. A final acontece a partir das 14h45 e você acompanha tudo por aqui. Fiquem ligados!