4º na corrida 1 do DTM em Nürburgring, Farfus lamenta ritmo abaixo da classificação e fala em lutar pela vitória

Augusto Farfus largou na segunda colocação em Nürburgring, mas caiu quase que imediatamente para o quarto lugar. Sem muito o que fazer, ficou ali até o final da prova vencida por Timo Glock

Augusto Farfus foi parte ativa do domínio da BMW na primeira prova do final de semana do DTM em Nürburgring, neste sábado (12), mas o segundo lugar da largada acabou se transformando numa quarta posição. Assim, garantiu bons pontos, mas também ficou com um gosto amargo.
 
Farfus perdeu o lugar no bolo da largada e acabou passando Bruno Spengler e António Félix da Costa por fora na primeira curva – foi obrigado a devolver logo em seguida. Desta forma, ficou até o fim, vendo de pert a vitória de Timo Glock num pódio completado por Spengler e Félix da Costa. Um top-4 todo da BMW.
Augusto Farfus garantiu o quarto lugar na corrida 1 em Oschersleben (Foto: BMW)
"Tivemos um carro muito rápido nos treinos livres e na classificação, mas nosso ritmo de corrida não era igualmente competitivo. Acabei caindo para quarto na largada, e aqui é difícil de ultrapassar, mas de qualquer forma foi importante terminar a corrida e somar bons pontos depois de um fim de semana complicado em Moscou", disse. 
 
"A vantagem de ter duas corridas na etapa é que podemos fazer ainda melhor amanhã, então vamos trabalhar para evoluir nosso carro e lutar pela vitória na corrida 2", encerrou.
 
A corrida 2 acontece neste domingo. Farfus chega como o 12º colocado na temporada, são 55 pontos. E a BMW ainda está nove pontos atrás da Audi pela liderança no Campeonato de Fabricantes.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube