Green vence corrida 2 em Nürburgring e Rast é bi do DTM por antecipação

René Rast é o novo bicampeão do DTM. O alemão sequer precisou vencer para selar a conquista do título neste domingo (13) em Nürburgring, em corrida marcada pelo domínio da Audi. Jamie Green, depois de superar Rast após o pit-stop, venceu a prova, enquanto Pietro Fittipaldi terminou em 12º após ser ‘derrubado’ pela equipe na sua troca de pneus

O DTM tem um novo bicampeão. Na tarde deste domingo (13), em Nürburgring, René Rast selou a conquista do título da temporada 2019 por antecipação. Restando ainda duas corridas a serem disputadas, no primeiro fim de semana de outubro, em Hockenheim, o alemão sequer precisou vencer para confirmar a taça. O piloto terminou em terceiro lugar, atrás de Jamie Green, o grande vencedor da corrida 2 da etapa de Nürburgring, enquanto Robin Frijns fechou em segundo. Pódio todo da Audi, enquanto Nico Müller, que ainda tinha chances de título, fechou apenas em sexto.
 
A pole foi de Green, mas Rast assumiu a liderança logo no começo, com o britânico vindo mais atrás. Pietro Fittipaldi, por sua vez, largou em 12º lugar e, no início da prova, subiu para a oitava colocação, em condições de marcar pontos. A ausência ficou por conta de Paul di Resta, da Aston Martin, que não largou por conta de problemas no carro.
 
Rast e Green andaram muito próximos até o momento dos respectivos pit-stops. A parada do agora bicampeão foi mais lenta, o que permitiu que Green assumisse a ponta no chamado ‘undercut’. Em contrapartida, Fittipaldi acabou sendo ‘derrubado’ pelo trabalho da WRT com um pit-stop que passou dos 14s.

René Rast é o novo bicampeão do DTM (Foto: DTM)

Mais atrás, Müller andava no grupo dos dez primeiros, mas não mostrava ter ritmo sequer para lutar pelo pódio, vendo assim as chances de adiar a decisão do título para Hockenheim mais distantes.

 
Green se manteve na liderança com autoridade, enquanto Rast sofria a pressão de Frijns. O holandês, com melhor ritmo de corrida, provou que não havia jogo de equipe dentro da Audi e fez a ultrapassagem sobre Rast para assumir a segunda colocação. Para René, a posição ainda era boa o bastante para lhe garantir a conquista antecipada do título.
 
Na volta final, Green teve trabalho para segurar o ímpeto de Frijns, mas confirmou a vitória, quebrando um jejum que já durava quase dois anos, desde 14 de outubro de 2017, quando o britânico nascido em Leicester triunfou em Hockenheim. 

Jamie Green vence corrida 2 da etapa de Nürburgring do DTM (Foto: DTM)

Loïc Duval foi o quarto colocado, seguido por Jonathan Aberdein e Müller. Mike Rockenfeller fechou a lista dos sete primeiros, todos da marca das quatro argolas. O top-10 foi fechado por pilotos da BMW. Philipp Eng foi o oitavo, seguido por Timo Glock e Bruno Spengler, segundo colocado na corrida de sábado.

 
Fittipaldi bem que tentou, mas não conseguiu entrar no grupo dos dez primeiros. O único brasileiro no grid do DTM cruzou a linha de chegada em 12º lugar.
 
Rast coroa uma campanha cheia de êxito em meio a um 2019 dominado pela Audi e pelo próprio piloto, que venceu seis das 16 corridas da temporada até agora, contra quatro de Marco Wittmann e duas de Müller.
 

Paddockast #33
10 ANOS DE SECA BRASILEIRA NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube