40 dias depois de acidente em Spa e duas semanas após deixar UTI, Mahy é transferido para hospital na Inglaterra

Marcus Mahy foi transferido do CHU de Liège, na Bélgica, para um hospital de Salisbury, o mais próximo de Gurnsey, local onde mora. O piloto de 53 anos se recupera de um grave acidente sofrido durante o primeiro dia de disputa das 24 Horas de Spa-Francorchamps

Marcus Mahy finalmente está voltando para perto de sua casa, no Reino Unido, após o grave acidente que sofreu durante a disputa das 24 Horas de Spa-Francorchamps, no final do mês de julho.
 
Nesta quinta-feira (4), o piloto britânico foi transferido do CHU de Liège – de onde deixou a UTI há menos de duas semanas – para um hospital em Salisbury, na Inglaterra. O local foi definido pois é o único centro médico conveniado ao hospital de Gurnsey – local onde Mahy mora – e que não tem as estruturas necessárias para a recuperação do piloto.
 
Mahy, de 53 anos, foi transportado de helicóptero para o CHU de Liège depois do acidente em Spa e colocado em coma artificial pelos médicos, estado no qual permaneceu até a segunda-feira, dois dias depois do acidente.
 
O acidente de Mahy aconteceu ainda no primeiro quarto das 24 Horas de Spa e envolveu também o piloto Vadim Kogay. A batida se deu na curva Stavelot e provocou a interrupção da prova. 
 

24 Horas de Spa-Francorchamps 2014: Ferrari 458… por sitegp

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube