carregando
Endurance

ACO anuncia adiamento das 24 Horas de Le Mans para 19 e 20 de setembro

Prova mais tradicional do endurance mundial, as 24 Horas de Le Mans eram esperadas para acontecer entre os dias 13 e 14 de junho. Porém, pandemia do coronavírus forçou o adiamento da etapa francesa

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 
☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações se estiver doente.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.

Originalmente marcada para os dias 13 e 14 de junho, a edição 2020 das 24 Horas de Le Mans foi adiada para 19 e 20 de setembro. A decisão foi tomada em conjunto pela FIA, WEC e ACO por conta da pandemia do coronavírus, e anunciada nesta quarta-feira (18).
 
A decisão afeta os calendários do WEC, European Le Mans Series, Michelin Le Mans Cup e Ligier European Series. 
 
Esta edição de Le Mans fecha a temporada 2019-20 do Mundial de Endurance. É a segunda prova a ser adiada, já que a etapa de Spa-Francorchamps, na Bélgica, não acontecerá mais no dia 25 de abril.
Fernando Alonso, Sébastien Buemi e Kazuki Nakajima venceram as 24 Horas de Le Mans em 2019 (Foto: José Mário Dias)
“Adiar é a decisão correta à luz da situação atual. Agora nós estamos trabalhando para revisar nossos calendários do Mundial de Endurance, European Le Mans Series, Michelin Le Mans Cup e Ligier European Series para a sequência desta temporada, e o da nona temporada do WEC, que deveria começar em setembro de 2020. Vamos voltar nos próximos dias com mais notícias tanto do Mundial de Endurance como também do European Le Mans Series”, afirmou Gérard Neveu, chefão do Mundial de Endurance.
 
Presidente do ACO, Pierre Fillon lembrou que não havia alternativa a não ser o adiamento da prova. “Adiar as 24 Horas de Le Mans 2020, originalmente marcada para 13 e 14 de junho, é a solução apropriada diante das circunstâncias excepcionais de saúde pelas quais estamos passando hoje”.
 
“Faremos todos os esforços para garantir a segurança e a qualidade dos nossos eventos. Antes de tudo, quero pedir a todos que não corram riscos para si mesmos, suas famílias e outras pessoas. Hoje é tudo sobre como parar a propagação deste vírus. Também gostaria de render os pensamentos para todo o pessoal médico que vem trabalhando para proteger nossa saúde”, declarou o dirigente.
 
O adiamento de Le Mans é mais um reflexo dos eventos do coronavírus no esporte a motor. Fórmula 1, MotoGP e Indy adiaram o início de suas respectivas temporadas, enquanto a Fórmula E anunciou a suspensão do campeonato.
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.