Campeões de 2016, Lieb e Dumas deixam Porsche na temporada 2017 do Mundial de Endurance

Romain Dumas e Marc Lieb venceram a temporada 2016 do WEC, mas deixam a categoria para o próximo campeonato. Assim, dos campeões, apenas o suíço Neel Jani segue no grid

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Dois dos três campeões da temporada 2016 do Mundial de Endurance não seguem para o próximo campeonato. Nesta sexta-feira (25), a Porsche confirmou a saída de Romain Dumas, que se junta a Marc Lieb e deixa a categoria em 2017.

 
Desta forma, do trio campeão, apenas o suíço Neel Jani foi mantido. Ainda, com a aposentadoria de Mark Webber, a Porsche muda, pelo menos, três peças para a temporada 2017.
 
As três vagas na Porsche dão uma movimentada inesperada no mercado do WEC, que sofreu um grande baque com a saída dos dois carros da Audi. André Lotterer, dos principais nomes que faziam parte da Audi e Nick Tandy, vencedor das 24 Horas de Le Mans em 2015, devem passar a integrar os times principais da Porsche. Earl Bamber, que esteve com Tandy e Nico Hülkenberg no trio vencedor da prova mais importante do calendário em 2015, é outro forte candidato.
Sobrou apenas Neel Jani no trio que garantiu o caneco do WEC em 2016 (Foto: Reprodução)
“Sempre imaginei que o posto de piloto na LMP1 seria o meu último como titular. Agradeço por todas as oportunidades que tive na Porsche nestes anos. Vencer em Le Mans e ser campeão do mundo significa muito para mim", disse Lieb.
 
"Os últimos três anos com a Porsche na LMP1 foram do mais alto nível profissional. Foi uma era muito competitiva. Vencer as 24 Horas de Le Mans foi um sonho que virou realidade, estou orgulhoso disso", afirmou Dumas.
 
Lieb vai seguir como piloto Porsche, mas atuará em outras competições ainda a serem confirmadas. Dumas também continua contratado pelos alemães, mas sua nova função ainda não foi anunciada. A Porsche deve confirmar oficialmente seus dois trios para 2017 no próximo dia 3.
 
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube