Chefe do SportsCar crê que Alonso aumente interesse global por Daytona, mas menos do que na Indy: “Não somos ingênuos”

Fernando Alonso começou seus testes em Daytona e, claro, chamou a atenção do mundo do automobilismo, lembrando sua participação na Indy 500, em 2017. Mas nem o SportsCar espera um impacto tão grande do espanhol como foi em Indianápolis

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

A participação de Fernando Alonso nas 500 Milhas de Indianápolis chamou atenção de todo o mundo – até daqueles que não acompanhavam a Indy até então. O espanhol tem esse poder de cativar o público onde quer que vá e agora, neste mês de janeiro, com a participação nas 24 horas de Daytona, não é diferente.

Mas o SportsCar sabe que, por mais que o espanhol seja um astro, o impacto em termos de público não deve ser o mesmo para a corrida dos dias 27 e 28 de janeiro como foi com a mais famosa prova da Indy.

Para Scott Atherton, presidente da IMSA SportsCar, é óbvio que a presença de Alonso em Daytona é algo grande para seu campeonato, mas que seria 'inocente' acreditar que o 'barulho' com o público seria igual ao criado pela participação na Indy.

"É marcante ter alguém com as credenciais de Alonso. É impossível medir o tamanho do impacto que ele causou na Indy criou uma nova base de interesse nos EUA e principalmente em termos globais. Mas não somos ingênuos de pensar que teremos uma repetição daquilo", opinou Atherton.

"Mas será significante", completou o dirigente.

Fernando Alonso disputa as 24h de Daytona no fim do mês (Foto: Reprodução/Twitter)

Para ele, a participação de Alonso será importante para que ele mostre mais de seu talento – ideia compartilhada pelo piloto, aliás

"Com o que essa corrida representa, em comparação à Indy 500, é um aspecto único para ele competir em um ambiente com várias categorias, por 24 horas, com variáveis novas para ele. Acho que todos estão confiantes que ele fará o mesmo que fez na Indy, mesmo  com as variáveis fora de seu controle aqui", completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube