De Ferrari 458 Italia, Ramos conquista terceiro lugar do pódio nas 12 Horas de Abu Dhabi

Ao lado do italiano Daniel Zampieri e do polonês Michael Broniszewski, Cesar Ramos obteve o pódio do terceiro lugar nas 12 Horas de Abu Dhabi nesta sexta-feira (13). O piloto brasileiro correu a bordo da Ferrari 458 Italia da equipe Kessel

Ao lado do italiano Daniel Zampieri e do polonês Michael Broniszewski, Cesar Ramos celebra pódio (Foto: Divulgação)

Cesar Ramos, que correu ao lado do italiano Daniel Zampieri e do polonês Michael Broniszewski, a bordo da Ferrari 458 Italia da equipe Kessel, obteve o pódio do terceiro nas 12 Horas de Abu Dhabi, corrida disputada nesta sexta-feira (13). A vitória na prova foi do trio Khaled Al Qubaisi, Jeroen Bleekemolen e Bernd Schneider, que largaram na pole com uma Mercedes SLS AMG GT3.

O evento, na verdade, teve duas provas, de 6 horas cada, com um intervalo entre ambas. No final, valeu a soma das duas corridas. Na primeira bateria, Ramos e os companheiros – que largaram em segundo – terminaram em quarto, posição que partiram para a prova final.

"O resultado foi bom, em virtude de algumas coisas que aconteceram, mas não estamos totalmente felizes. Na primeira prova, levamos uma punição de três minutos. A cada seis horas, tínhamos de fazer quatro paradas de 2min40 e, em uma delas, erramos e saímos em 2min39s. Ai perdemos uma volta", contou Ramos.

"Na segunda prova, tivemos um problema com o jogo de pneus novos e tivemos de parar de novo. Acho que seria difícil brigar com a Mercedes, que estava muito rápida, mas sem esses problemas, poderíamos ter terminado em segundo", explicou.

O gaúcho afirmou que gostou do formato da prova e da pista árabe, onde a F1 também corre. "Mas gostei bastante do evento. Foi uma disputa bem legal e muito competitiva", completou o piloto de 24 anos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube