Farfus vence 8 Horas de Indianápolis ao lado de Catsburg e De Phillippi pela BMW

No seu terceiro fim de semana seguido em corridas de longa duração, Augusto Farfus saboreou pela primeira vez uma vitória no templo da velocidade. Em Indianápolis, na segunda etapa do Intercontinental GT Challenge, o brasileiro triunfou ao lado de Connor de Phillippi e Nicky Catsburg no último domingo

Depois de nove meses, o Intercontinental GT Challenge voltou à ativa no último fim de semana com a disputa da segunda etapa da temporada 2020. As 8 Horas de Indianápolis foram disputadas no domingo (4). Augusto Farfus compartilhou o volante da BMW M6 GT3 com Nicky Catsburg e Connor de Phillippi pela equipe Walkenhorst Racing e venceu com direito a dobradinha da fábrica de Munique. David Pittard, Martin Tomczyk e Nick Yelloly terminaram em segundo.

Foi o terceiro fim de semana seguido de Farfus em corridas de longa duração. O curitibano de 37 anos correu as 24 Horas de Le Mans entre 19 e 20 de setembro; uma semana depois, Augusto disputou as 24 Horas de Nürburgring e terminou a caótica prova, marcada pela interrupção por conta da forte chuva e da neblina, na terceira posição. Agora, em Indianápolis, o brasileiro teve a chance de marcar outro destino vitorioso na sua carreira.

INTERCONTINENTAL GT CHALLENGE; AUGUSTO FARFUS; BMW;
Nicky Catsburg, Connor de Phillippi e Augusto Farfus beijam o asfalto sagrado de Indianápolis (Foto: Intercontinental GT Challenge)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A primeira etapa do Intercontinental GT Challenge foi disputada no começo do ano, há pouco mais de nove meses, com as 12 Horas de Bathurst, na Austrália. Um longo hiato, provocado principalmente pela pandemia, fez com que a segunda prova do calendário fosse disputada somente no último fim de semana no Indianapolis Motor Speedway.

A corrida no fim de semana foi, a exemplo do que aconteceu na Indy, foi realizada no traçado misto de Indianápolis, de 3,8 km de extensão. A prova, que teve a chuva como uma das suas marcas, sobretudo na primeira hora, teve em Jordan Pepper, com o carro da Bentley, um adversário sólido para as BMW da equipe Walkenhorst. A luta do piloto, que compôs a tripulação ao lado de Jules Gounon e Maxime Soulet, se encerrou depois de um toque em um carro da classe GT4.

Já nas horas finais da disputa, quem despontou como adversário em potencial dos carros da BMW foi o Acura NSX GT3 #30 guiado por Dane Cameron nos stints derradeiros. O piloto, que teve como companheiros de equipe Mario Farnbacher e Renger van der Zande, teve uma jornada instável, mas com forte performance, a ponto de conseguir recuperar a desvantagem e se colocar na mesma volta dos carros alemães. Entretanto, um atraso no penúltimo pit-stop encerrou por completo as chances de vitória para a marca japonesa.

Na fase final da corrida, Catsburg puxou o stint para o trio completado por Farfus e De Phillippi com a BMW M6 GT3 #34, enquanto o #35 completando a dobradinha. A Acura fechou em terceiro com o carro #30.

A terceira etapa do campeonato vai ser disputada ainda neste mês. As não menos tradicionais 24 Horas de Spa-Francorchamps acontecem entre 24 e 25 de outubro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube