Kobayashi sobra e puxa 1-2-3 da Toyota nos testes coletivos para edição 2017 das 24 Horas de Le Mans

Os preparativos para a edição deste ano das 24 Horas de Le Mans começaram neste domingo (4) com os testes coletivos na famosa pista francesa. E a Toyota colocou seus três carros no top-3 da tabela de tempos, superando com folga a Porsche na categoria principal. Ao todo, nove brasileiros participam da corrida que acontece no dia 17 de junho

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : ‘pt’
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : ‘inread’
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

A Toyota dominou o dia de testes coletivos dos inscritos para as 24 Horas de Le Mans de 2017, corrida que acontece entre os dias 17 e 18 de junho. Neste domingo (4), todos os 60 carros da 85ª edição foram à pista de Sarthe, e a equipe japonesa colocou seus três carros no top-3 da tabela da classe LMP1 e ainda virou um tempo mais de 1s5 mais veloz que a marca registrada na pole-position do ano passado. E o responsável foi Kamui Kobayashi, que cravou 3min18s132 no charmoso circuito francês, guiando o TS050 HYDRID #7. 

 
Com um total de 94 voltas, Kobayashi dividiu os trabalhos com os companheiros Mike Conway e Stéphane Sarrazin. O segundo Toyota na lista de tempos é do #8, guiado por Sébastien Buemi, Anthony Davidson e Kazuki Nakajima, que lideram o Mundial de Endurance. O quarteto ficou a 1s158 dos líderes. O terceiro Toyota #9, que tem ao volante o novato Yuji Kunimoto, José María López e Nicolas Lapierre, foi 3s380 mais lento que o #7. A montadora japonesa trabalhou nos ajustes gerais dos carros, além de dar a chance a López de conhecer o traçado gaulês. Como os demais, também dedicou o dia à confiabilidade e aos ensaios de classificação.
 
A Porsche apareceu logo na sequência, com o #2, pilotado por Earl Bamber, Timo Bernhard e Brendon Hartley, à frente do #1, que tem Neel Jani, Andre Lotterer e Nick Tandy. Ambos também ficaram a mais 3s do tempo registrado por Kobayashi.
Toyota #7 liderou os trabalhos em Le Mans neste domingo (Foto: Toyota)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Também inscrita na LMP1, a classe principal do WEC, a independente Bykolles, que corre com motor Nissan, fechou a tabela com 3min28s701 – o desempenho, muito longe dos protótipos de fábrica, também não foi suficiente para ficar à frente dos concorrentes da LMP2.

 
Falando nela, o carro #35 da Signatech Alpine, pilotado pelo brasileiro André Negrão, Nelson Panciatici e Pierre Ragues, foi o mais veloz, com a melhor marca em 3min28s146. Entre os demais brasileiros da categoria, Nelsinho Piquet terminou a sessão em sexto, enquanto Bruno Senna foi o décimo. Rubens Barrichello, que faz a estreia em Le Mans neste ano, conseguiu o 16º tempo da sessão na LMP2.
 
Na categoria LMGTE-Pro, a liderança ficou nas mãos do Corvette #64 de Oliver Gavin, Tommy Milner e Marcel Fassler. Daniel Serra, que integra a condução do Aston Martin #97, ficou com o sexto tempo da classe, duas posições à frente de Lucas Di Grassi, que defende a equipe AF Corse na Ferrari #71. No Ford GT #67 da Ganassi, Pipo Derani terminou o dia com a 11ª marca da Pro.
 
Finalmente, na LMGTE-Am, os mais rápidos foram Paul Dalla Lana, Pedro Lamy e Mathias Lauda, que dividem o Aston Martin #98. Apenas 0s052 atrás, o Corvette #50 da Larbre, equipe em que o brasileiro Fernando Rees divide com Romain Brandela e Christian Philippon, fechou o domingo na segunda colocação.

Ao todo, o Brasil será representado por nove pilotos: Rubens Barrichello, Pipo Derani, Bruno Senna, Nelsinho Piquet, Daniel Serra, Fernando Rees, André Negrão, Lucas Di Grassi e Tony Kanaan – que não participou do dia de treinos porque está em Detroit na rodada dupla da Indy.

 
Agora, as equipes retornam ao circuito de Le Mans no dia 14 de junho, quando começam os treinos livres para a mais tradicional corrida de longa duração do planeta.
ALONSO ATINGE NOVO PATAMAR NA HISTÓRIA DO AUTOMOBILISMO NA ESPETACULAR INDY 500

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = ‘ca-pub-6830925722933424’;
google_ad_slot = ‘8352893793’;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(‘crt_ftr’).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(‘cto_ifr’);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(‘px’)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write('’);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube