Tandy/Jaminet vence etapa de Indianápolis do IMSA. Sellers/Snow leva título na GTD

Com título conquistado na classe GTD, IMSA viu vitória de Nick Tandy e Mathieu Jaminet embolar completamente o campeonato a uma rodada do encerramento da temporada 2023

O IMSA disputou a penúltima etapa da temporada 2023 no último fim de semana, em Indianápolis, e deixou o mítico circuito americano com uma batalha ferrenha a ser definida na corrida derradeira do campeonato na classe GTP. Com vitória de Nick Tandy e Mathieu Jaminet no carro #6 da Porsche-Penske, a dupla se colocou na 3ª posição da classificação, a apenas cinco pontos dos líderes do campeonato — Pipo Derani e Alexander Sims —, com apenas mais uma prova em jogo.

E a batalha pelo título não vai incluir apenas as duas duplas, mas, sim, uma briga tripla. Além de Derani/Sims e Tandy/Jaminet, Ricky Taylor e Filipe Albuquerque ocupam a 2ª colocação, a apenas três tentos da liderança. Na etapa de Indianápolis, os pilotos terminaram na 5ª posição com o Acura #10.

Matt Campbell e Felipe Nasr completaram o 1-2 da Porsche-Penske, seguidos por Connor de Phillippi/Nick Yelloly, Derani/Sims, Taylor/Albuquerque, Tom Blomqvist/Colin Braun, Sébastien Bourdais/Renger van der Zande, Tijmen van der Helm/Mike Rockenfeller, Harry Tincknell/Gianmaria Bruni e Philipp Eng/Augusto Farfus fechando o grupo da classe.

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Porsche-Penske #6 liderou o 1-2 da equipe em Indianápolis (Foto: IMSA)

Em uma situação mais tranquila na liderança, Steven Thomas e Mikkel Jensen abriram 20 pontos de distância para Ben Keating e Paul-Loup Chatin com a vitória na clase LMP2. Daniel Goldburg e Louis Delétraz chegaram na 2ª colocação, seguidos por George Kurtz/Ben Hanley, Keating/Chatin, Rodrigo Sales/Giedo van der Garde, Dwight Merriman/Ryan Dalziel e Dennis Andersen/Ed Jones.

Na LMP3, a vitória veio na base da estratégia. Depois de rodar nos estágios iniciais da corrida, Wayne Boyd se recuperou ao adotar uma tática diferente de paradas e, junto a Anthony Mantella, levou a melhor na classe. Gar Robinson e Josh Burdon fecharam na 2ª colocação, enquanto Nolan Siegel/Garrett Grist, Bijoy Garg/Guilherme Oliveira e Orey Fidani/Matthew Bell completaram o top-5.

Apesar do 2º lugar na etapa de Indianápolis, Robinson e Burdon estão com o título da LMP3 praticamente assegurado. Para isso, basta que a dupla largue na etapa derradeira, em Petit Le Mans, para garantir os pontos necessários para a conquista.

Thomas e Jensen estão muito próximos do título na classe LMP2 (Foto: IMSA)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A história, inclusive, é igual na GTD Pro. Pela nona etapa de dez disputadas, Jack Hawksworth e Ben Barnicoat foram ao pódio em Indianápolis, desta vez na 3ª colocação, e estão a apenas uma largada do título. Daniel Juncadella e Jules Gounon venceram a prova, seguidos por Ross Gunn e Alex Riberas. Klaus Bachler/Patrick Pilet e Antonio García/Jordan Taylor completaram o top-5.

Por fim, na classe GTD, o título foi definido com uma corrida de antecedência. Bryan Sellers e Madison Snow nem precisaram vencer e, com o 3º lugar em Indianápolis, asseguraram a liderança ao fim da temporada. Foi o sétimo pódio da dupla no campeonato, com cinco vitórias conquistadas no total.

Russell Ward e Philip Ellis levaram a melhor e venceram com a Mercedes, seguidos por Misha Goikhberg e Loris Spinelli. Roman de Angelis/Marco Sorensen e Patrick Gallagher/Robby Foley completaram o grupo dos cinco primeiros.

A última rodada do IMSA 2023 está programada para o dia 14 de outubro, com a etapa de Petit Le Mans, em Road Atlanta.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias do GP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.