Segunda temporada do renascido Mundial de Endurance começa domingo com 6 Horas de Silverstone

O WEC, Campeonato Mundial de Endurance, inicia a temporada 2013 com 31 carros no grid de Silverstone buscando se consolidar após um bom primeiro ano de existência

As imagens que antecedem o início do Mundial de Endurance 2013
Pizzonia, Senna e Rees abrem temporada com chances de vitória
Chefão da Audi diz que WEC "tem potencial para se tornar ainda maior"

Fruto da associação da Federação Internacional de Automobilismo com o Automóvel Clube do Oeste (ACO), que organiza as 24 Horas de Le Mans, o Mundial de Endurance (WEC) deu muito certo em 2012. Lançado em meados de 2011 e tirado do papel em março do ano passado, nas 12 Horas de Sebring, o campeonato passou por oito países, atraiu um bom público no geral e ajudou a resgatar um pouco mais da cultura das corridas de longa duração ao redor do mundo, que foi deixada de lado pela FIA durante a presidência de Max Mosley, cujos olhos ficaram voltados demais para a F1.

Depois desse primeiro ano, que correu sem grandes problemas, o WEC entra em sua segunda temporada buscando se firmar de vez entre as principais competições de automobilismo do planeta. A primeira etapa acontece neste domingo (14), na Inglaterra: as 6 Horas de Silverstone.

É claro que o interesse maior de todos estará na briga da categoria LMP1 e das duas principais montadoras envolvidas com o Mundial: Audi e Toyota. Os alemães dominam o endurance neste milênio e tiveram a honra de serem os primeiros campeões do WEC e de faturarem a primeira vitória com um carro híbrido em Le Mans – com muitos méritos. Mas os japoneses chegam a 2013 com uma operação ainda mais forte.

As 6 Horas de Silverstone viram um duelo bem apertado entre a Audi e Toyota em 2012, o que deve se repetir neste fim de semana (Foto: Audi)

Em 2012, a Toyota estreou somente na terceira etapa, as 24 Horas de Le Mans, portanto, não chegou perto de bater a Audi na tabela de pontuação do campeonato. Mas, logo de cara, mostrou potencial. Andou na frente na França e passou perto de vencer em Silverstone, até conseguir a tão sonhada primeira vitória nas 6 Horas de São Paulo. Outros dois triunfos vieram nas duas últimas provas do ano, no Japão e na China.

Neste ano, cada marca terá dois protótipos na pista – menos em Spa e Le Mans, quando a Audi alinhará três carros, com Lucas Di Grassi em ação no #3. Logo, o pódio não está garantido para ninguém, o que deve tornar a competição ainda mais acirrada.

Campeão de pilotos em 2012 ao lado de André Lotterer e Benoît Tréluyer, o suíço Marcel Fässler se mostrou confiante para defender seu título quando conversou com o Grande Prêmio em Sebring, no mês passado. “Teremos um bom carro para defender nosso título e para competir contra a Toyota”, declarou. No córner azul, os desafiantes também demonstram alguma cautela. “Não será fácil porque encaramos um adversário muito difícil, então precisamos recuperar o ritmo do fim do ano passado rapidamente e andar no nosso máximo”, afirmou o austríaco Alexander Wurz, líder da Toyota.

Campeões mundiais de endurance em 2012, Fässler, Tréluyer, Lotterer e Dr. Wolfgang Ullrich recebem o troféu da FIA em Istambul (Foto: Audi/Facebook)

As escalações estão assim: a Audi terá André Lotterer/Marcel Fässler/Benoît Tréluyer num carro e Tom Kristensen/Allan McNish/Loïc Duval no outro; a Toyota começa o ano com Alexander Wurz/Nicolas Lapierre e Anthony Davidson/Sébastien Buemi/Stéphane Sarrazin. Kazuki Nakajima se juntará a Wurz e Lapierre em algumas provas.

Mas a classe LMP1 e o Mundial de Endurance não se resumem apenas a essa briga de gigantes. Na LMP1 há, ainda, a batalha das equipes independentes – que serão apenas duas nas 6 Horas de Silverstone. A Rebellion, de Nicolas Prost/Neel Jani/Nick Heidfeld e Andrea Bellichi/Matias Beche/Cong Fu Cheng, e a Strakka, de Nick Leventis/Danny Watts/Jonny Kane.

Nas demais categorias, a disputa também promete e anima com relação ao futuro do campeonato. Dez protótipos vão disputar a LMP2, com a presença de equipes de peso, como a OAK, a Delta-ADR (Nissan), Lotus e Greaves. Falta a Starworks, campeã de 2012, que se inscreveu para o campeonato completo, mas que não estará em Silverstone, com dificuldades financeiras. Destaque, ainda, para a novata KC, que se tornará, em junho, a primeira equipe chinesa a andar em Le Mans.

A Larbre, de Fernando Rees, foi campeã na categoria GTE Am em 2012 (Foto: Facebook/FIA WEC)

Na GTE, a expectativa é por um ano mais equilibrado, diante de mudanças no regulamento e na equalização dos carros introduzidas após um balanço do que foi a primeira temporada do WEC. Na divisão Pro, a AF Corse volta reforçada. Campeã em 2012, liderada por Gianmaria Bruni e Giancarlo Fisichella, a esquadra italiana contratou o japonês Kamui Kobayashi, que formará dupla com o finlandês Toni Vilander. A Porsche vem com novos carros e a Aston Martin atualizou bastante seus modelos Vantage V8, além de ter contratado o brasileiro Bruno Senna.

Campeã da GTE Am – classe que usa os mesmos carros da GTE Pro, porém, tem pilotos de classificação mais baixa nos quadros da FIA – a Larbre vai manter o trio de sucesso que disputou parte do campeonato de 2012, com o brasileiro Fernando Rees e os franceses Patrick Bornhauser e Julien Canal. A princípio, essa formação será visto em todas as oito rodadas do Mundial. Mas, justamente por conta da nova equalização dos carros, deve ser mais difícil para os pilotos do Corvette #50 se manterem no topo na luta contra Ferrari, Porsche e Aston Martin.

Depois das 6 Horas de Silverstone, o WEC passará por Spa-Francorchamps (4 de maio), Le Mans (22 de junho), São Paulo (1º de setembro), Austin (22 de setembro), Fuji (20 de outubro), Xangai (10 de novembro) e Bahrein (30 de novembro).

Confira a lista completa de inscritos para as 6 Horas de Silverstone:

 
1
André LOTTERER
Marcel FÄSSLER
Benoît TRÉLUYER
ALE
TCH
FRA
LMP1
Audi Sport Team Joest
Audi R18 e-tron quattro híbrido
 
 
 
2
Tom KRISTENSEN
Allan McNISH
Loic DUVAL
DIN
ESC
FRA
LMP1
Audi Sport Team Joest
Audi R18 e-tron quattro híbrido
 
 
 
7
Alexander WURZ
Nicolas LAPIERRE
AUT
FRA
LMP1
Toyota
Toyota TS-030 híbrido
 
 
 
8
Anthony DAVIDSON
Sébastien BUEMI
Stéphane SARRAZIN
ING
SUI
FRA
LMP1
Toyota
Toyota TS-030 híbrido
 
 
 
12
Nicolas PROST
Neel JANI
Nick HEIDFELD
FRA
SUI
ALE
LMP1
Rebellion
Lola B12/60 Toyota
 
 
 
13
Andrea BELLICCHI
Mathias BECHE
Cong Fu CHENG
ITA
SUI
CHN
LMP1
Rebellion
Lola B12/60 Toyota
 
 
 
21
Nick LEVENTIS
Danny WATTS
Jonny KANE
ING
ING
ING
LMP1
Strakka
HPD ARX-03c Honda
 
 
 
24
Olivier PLA
David HEINEMEIER HANSSON
Alex BRUNDLE
FRA
DIN
ING
LMP2
OAK
Morgan LMP2 Nissan
 
 
 
25
Tor GRAVES
Antonio PIZZONIA
James WALKER
ING
BRA
ING
LMP2
Delta-ADR
Oreca 03 Nissan
 
 
 
26
Roman RUSINOV
John MARTIN
Mike CONWAY
RUS
AUS
ING
LMP2
G-Drive
Oreca 03 Nissan
 
 
 
31
Kevin WEEDA
Vitantonio LIUZZI
Christophe BOUCHUT
EUA
ITA
FRA
LMP2
Lotus
Lotus T128
 
 
 
32
Thomas HOLZER
Dominik KRAIHAMER
Jan CHAROUZ
ALE
AUT
TCH
LMP2
Lotus
Lotus T128
 
 
 
35
Bertrand BAGUETTE
Ricardo GONZÁLEZ
Martin PLOWMANN
BEL
MEX
ING
LMP2
OAK
Morgan LMP2 Nissan
 
 
 
41
Chris DYSON
Michael MARSAL
Tom KIMBER-SMITH
EUA
EUA
ING
LMP2
Greaves
Zytek Z11SN Nissan
 
 
 
45
Jacques NICOLET
Jean-Marc MERLIN
FRA
FRA
LMP2
OAK
Morgan LMP2 Nissan
 
 
 
47
Alexandre IMPERATORI
Matthew HOWSON
Ka To JIM
TCH
ING
CHN
LMP2
KCMG HKG
Morgan LMP2 Nissan
 
 
 
49
Luiz PÉREZ-COMPANC
Nicolas MINASSIAN
Pierre KAFFER
ARG
FRA
ALE
LMP2
Pecom
Oreca 03 Nissan
 
 
 
50
Patrick BORNHAUSER
Julien CANAL
Fernando REES
FRA
FRA
BRA
LM GTE Am
Larbre
Chevrolet Corvette C6-ZR1
 
 
 
51
Gianmaria BRUNI
Giancarlo FISICHELLA
ITA
ITA
LM GTE Pro
AF Corse
Ferrari F458 Italia
 
 
 
57
Tracy KROHN
Niclas JÖNSSON
Maurizio MEDIANI
EUA
SUE
ITA
LM GTE Am
Krohn Racing
Ferrari F458 Italia
 
 
 
61
Jack GERBER
Matt GRIFFIN
Marco CIOCI
AFS
IRL
ITA
LM GTE Am
AF Corse
Ferrari F458 Italia
 
 
 
71
Kamui KOBAYASHI
Toni VILANDER
JAP
FIN
LM GTE Pro
AF Corse
Ferrari F458 Italia
 
 
 
76
Raymond NARAC
Christophe BOURRET
Jean-Karl VERNAY
FRA
FRA
FRA
LM GTE Am
IMSA Performance Matmut
Porsche 911 GT3 RSR
 
 
 
81
Enzo POTOLICCHIO
Rui AGUAS
Philipp PETER
VEN
POR
AUT
LM GTE Am
8Star
Ferrari F458 Italia
 
 
 
88
Christian RIED
Gianluca RODA
Paolo RUBERTI
ALE
ITA
ITA
LM GTE Am
Proton
Porsche 911 GT3 RSR
 
 
 
91
Jörg BERGMEISTER
Patrick PILET
Timo BERNHARD
ALE
FRA
ALE
LM GTE Pro
Porsche AG Team Manthey
Porsche 911 GT3 RSR
 
 
 
92
Marc LIEB
Richard LIETZ
Romain DUMAS
ALE
AUT
FRA
LM GTE Pro
Porsche AG Team Manthey
Porsche 911 GT3 RSR
 
 
 
95
Allan SIMONSEN
Christoffer NYGAARD
Kristian POULSEN
DIN
DIN
DIN
LM GTE Am
Aston Martin
Aston Martin Vantage V8
 
 
 
96
Roald GOETHE
Stuart HALL
Jamie CAMPBELL-WALTER
ALE
ING
ING
LM GTE Am
Aston Martin
Aston Martin Vantage V8
 
 
 
97
Darren TURNER
Stefan MÜCKE
Bruno SENNA
ING
ALE
BRA
LM GTE Pro
Aston Martin
Aston Martin Vantage V8
 
 
 
99
Paul DALLA LANA
Fréderic MAKOWIECKI
Pedro LAMY
CAN
FRA
POR
LM GTE Pro
Aston Martin
Aston Martin Vantage V8
 
 
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube