Zonta e Abreu levam Shell ao topo do pódio nas 4H de Curitiba do Endurance Brasil

A segunda etapa da temporada 2020 da principal categoria de corridas de longa duração do país teve Pedro Queirolo e David Muffato como vitoriosos na classe P1, a principal do grid, e no geral. Na GT3, Ricardo Zonta, em grande fase na Stock Car, triunfou ao lado de Xandinho Negrão, enquanto Átila Abreu levou a taça de vencedor da GT4 ao lado de Leo Sanchez

Em grande momento no automobilismo brasileiro nesta temporada 2020, a Shell alcançou mais duas vitórias neste fim de semana que marcou a disputa da segunda etapa da temporada 2020 do Endurance Brasil. Nas 4 Horas de Curitiba, Ricardo Zonta, em momento iluminado na Stock Car, triunfou com um Mercedes da classe GT3 ao lado do experiente Xandinho Negrão. Na categoria GT4, Átila Abreu competiu ao lado de Leo Sanchez, também a bordo de uma Mercedes, e venceu no Paraná. A vitória na classificação geral e na classe P1, dos protótipos, ficou com a dupla formada por Pedro Queirolo e David Muffato, com o AJR.

Para Zonta e Átila, a jornada deste fim de semana marca o início de uma pequena maratona de corridas em três finais de semana consecutivos. Ricardo, líder da temporada 2020 da Stock Car, atuou pela primeira vez no Endurance Brasil justamente neste fim de semana.

ENDURANCE BRASIL; RICARDO ZONTA; XANDINHO NEGRÃO; ENDURANCE BRASIL; CURITIBA;
Com o belo Mercedes GT3, Ricardo Zonta e Xandinho Negrão venceram na classe as 4 Horas de Curitiba (Foto: José Mário Dias)

No próximo, o curitibano, assim como Átila, que pela segunda vez acelerou na competição das provas de longa duração, vão disputar a etapa de Londrina da Stock Car. E no fim de semana seguinte, os dois vão competir pela Porsche Cup na abertura da Porsche Endurance Series no autódromo do Velo Città, em Mogi Guaçu, interior de São Paulo.

Zonta destacou a chance de atuar ao lado de um veterano das pistas, o filho de Xandy Negrão. “Foi um prazer muito grande fazer essa parceria com o Xandinho. Ele andou muito bem. O carro é fantástico, tem muito grip, aerodinâmica incrível. Gostei muito desde o primeiro contato nos treinos e terminamos da melhor forma possível”, comemorou o vencedor na GT3.

“Vou levar o troféu de vencedor para casa agora, para meus filhos. A organização do evento também está de parabéns”, complementou Ricardo.

ENDURANCE BRASIL; MERCEDES; ÁTILA ABREU; LEO SANCHEZ; CURITIBA;
Átila Abreu e Leo Sanchez venceram na classe GT4 em Curitiba (Foto: José Mário Dias)

Átila Abreu, que vem reeditando na Endurance Brasil a parceria que já mantém com Sanchez na Porsche Cup, festejou um triunfo que estava entalado na garganta.

“Em São Paulo, assumi a liderança e furou o pneu. Em Curitiba, conseguimos. Leo fez um trabalho excelente, guiando dois stints seguidos, o que não é fácil. A gente vinha para a vitória, aí veio o safety-car no fim e, quando relargou, tinha óleo na pista na Curva Zero. Mas felizmente, deu tudo certo e fico muito contente com a performance que tivemos hoje aqui”, salientou o sorocabano.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube