Drugovich descarta pressão em estreia nas 24 Horas de Le Mans: “Não tenho nada a provar”

Na última semana de preparação para a estreia nas 24 Horas de Le Mans, Felipe Drugovich garantiu que não sente pressão pelo resultado. Pipo Derani, por sua vez, disse que a equipe precisa iniciar a corrida melhor depois de sofrer com um acidente na largada de 2023

Prestes a estrear em uma das maiores corridas do mundo, as 24 Horas de Le Mans, Felipe Drugovich garantiu que não sente a pressão de iniciar um dos grandes desafios da carreira no próximo fim de semana. O brasileiro garantiu que sente que “não precisa provar nada a ninguém”, o que impede que a cobrança afete a preparação para a prova. Além disso, analisou as especificações do Cadillac V-Series R que será utilizado pela Action Express Racing na pista francesa. O campeão da F2 2022 vai se juntar a Pipo Derani e Jack Aitken no #311.

“A parte eletrônica é um dos pontos mais fortes. O controle de tração é particularmente efetivo e realmente ajuda, ao contrário de sistemas que limitam ou prejudicam o piloto”, analisou Drugovich. “O Cadillac V-Series R também tem uma aderência mecânica muito boa. Então, apesar do peso, consegue performar muito bem em curvas lentas”, afirmou.

“É uma fera diferente para ser domada. É bem pesado, já que estou acostumado com monopostos muito leves”, comparou. “Mas, no geral, é divertido de pilotar. Sei que não tenho nada a provar para ninguém. Então, não sinto nenhuma pressão”, completou.

Para Derani, o mais importante é executar corretamente a preparação para a prova. O brasileiro destacou que, por não estar competindo regularmente no WEC 2024, o trio vai encontrar algumas questões para resolver antes da hora, o que será importante para iniciar a corrida em boa forma.

Drugovich vai comandar o Cadillac #311 em Le Mans (Foto: Whelen Cadillac)

Além disso, Pipo relembrou o acidente sofrido por Aitken na primeira volta da edição de 2023, logo depois da chicane Mulsanne, e disse que o início precisa ser melhor em 2024 se a equipe quiser almejar um resultado de destaque.

“Não vamos esquecer que é difícil controlar todos os parâmetros quando você não está competindo no WEC. Os códigos são diferentes, e a adaptação é um desafio a mais. O acidente logo no início nos impediu de mostrar nosso progresso ao longo das semanas. Temos de começar o fim de semana melhor. Levamos muito tempo para pegar o jeito das coisas e adquirir o impulso”, finalizou Derani.

GRANDE PRÊMIO transmite AO VIVO e COM IMAGENS as 24 Horas de Le Mans, quarta etapa da temporada 2024 do WEC, na GPTVcanal 1 no YouTube, e no TikTok. As atividades de pista começam para valer na quarta-feira (12), às 9h (de Brasília, GMT-3), com o TL1. Depois, às 14h, acontece a primeira parte da classificação, e o dia encerra às 17h, com o TL2. Na quinta-feira, o TL3 será às 10h, enquanto a definição da pole-position começa a partir das 15h. Em seguida, às 17h, o TL4 fecha o dia. Por fim, no sábado, os pilotos realizam o warm-up às 7h, e a largada está programada para as 11h.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias do GP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.