F1 Academy anuncia pontos de superlicença e limite de temporadas para pilotas

Nesta segunda-feira (5), a F1 Academy anunciou uma série de mudanças para a sua segunda temporada. Entre elas está a distribuição de pontos para a superlicença e o limite de temporadas para cada competidora

A F1 Academy vai passar por mudanças a partir de 2024, quando será realizada a segunda temporada da categoria feminina. Diretora da série, Susie Wolff foi quem revelou as alterações para o campeonato que começa em 8 de março, na Arábia Saudita. Além do anúncio sobre a distribuição dos pontos para a superlicença, também foi informado que cada competidora terá um limite de temporadas.

A categoria feminina vai seguir um caminho semelhante à da extinta W Series, que distribuía pontos de superlicença para as primeiras colocadas do campeonato. Desta forma, serão atribuídos 10 pontos a vencedora, sete para a segunda colocada, cinco para a terceira, três para a quarta e, por fim, um ponto para a pilota que ficar na quinta posição. Vale lembrar que o requisito mínimo para ingressar na Fórmula 1 são 40 pontos.

Com a nova distribuição, a F1 Academy agora possui um sistema similar ao que já é adotado no GB3 (a Fórmula 3 inglesa), na Pro 2000 e na Nascar Xfinity, mas ainda fica atrás das competições de F4, em que o campeão recebe 12 pontos e a distribuição é feita aos sete primeiros colocados. A própria W Series, que utilizava carros mais potentes, dava cinco pontos a mais para a vencedora.

“Depois de uma temporada inaugural positiva, estamos dando dois passos significativos para 2024”, começou a chefe da classe feminina. “Nossas cinco principais pilotas que recebem pontos de superlicença da FIA são uma prova da força da proposta da F1 Academy na pista e ajudarão a impulsionar sua progressão à medida que sobem na pirâmide dos monopostos”, continuou.

Susie Wolff, diretora da F1 Academy, comentou sobre as novidades na categoria feminina (Foto: Fórmula E)

Além dos pontos de superlicença, a série ainda contará com uma pilota ‘coringa’. O campeonato conta com cinco equipes, e cada uma delas coloca três carros no grid. Porém, em 2024, a Prema — campeã da temporada passada — poderá inscrever um quarto carro para receber uma competidora adicional em etapas específicas, que tem de ser um talento da região anfitriã e terá direito a somar pontos no campeonato.

Falando sobre essa novidade, Wolff afirmou que a categoria “promoverá talentos regionais, envolverá as comunidades locais e aumentará o conjunto de talentos nas regiões em que competimos, o que será importante para o nosso crescimento a longo prazo e garantirá que estamos criando mais oportunidades para as mulheres competirem e se envolverem em nosso esporte”.

Outro aspecto novo para 2024 é que agora a cada pilota só poderá competir em duas temporadas. Tal decisão tem como objetivo promover a progressão das competidoras, proporcionando novos nomes no esporte a cada ano.

A temporada 2024 da F1 Academy terá início no dia 8 de março, na Arábia Saudita, e termina em 8 de dezembro, em Abu Dhabi. Todas as etapas vão acontecer como evento preliminar da Fórmula 1.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias do GP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.