5 coisas que aprendemos no sábado do GP de Singapura da Fórmula 1 2023

Um show de Carlos Sainz e da Ferrari, um show de horrores de todo mundo na Red Bull. A classificação do GP de Singapura talvez tenha sido a mais doida da F1 2023 e desenha uma corrida totalmente aberta

A classificação do GP de Singapura saiu melhor que a encomenda. A verdade é que a expectativa estava alta neste sábado (16), a boa briga, de fato, aconteceu, mas simplesmente não envolveu a Red Bull. Com os austríacos atrás de nada menos que sete equipes, o caos está instaurado para a corrida. No meio disso tudo, uma grande pole de Carlos Sainz.

O espanhol comprovou a força que a Ferrari demonstrou nos treinos livres e esticou a ótima fase que vive, batendo no detalhe George Russell e Charles Leclerc. George, aliás, é candidato real também à vitória, bem como Lando Norris e Lewis Hamilton, que fecham o top-5 do grid.

Relacionadas


O caos segue nas demais posições. Tem Haas em sexto e nono, com Kevin Magnussen e Nico Hülkenberg, Liam Lawson em décimo, além de Fernando Alonso e Esteban Ocon, ex-companheiros e atuais desafetos, numa quarta fila só deles.

E a Red Bull? Caos, caos, caos. Max Verstappen e Sergio Pérez caíram ainda no Q2, o mexicano rodou sozinho e o holandês estava em dia de fúria, no pior dos sentidos. Escapou de três punições no milagre, mas sai de 11º. Ou vem corrida histórica de recuperação ou a série invicta cai, simples assim.

Carlos Sainz vai em busca da vitória em Singapura (Foto: AFP)

Diante deste cenário, o GRANDE PRÊMIO aponta cinco coisas que aprendemos no sábado da 15ª etapa da temporada da F1 2023, em Singapura:

Sainz confirma favoritismo na melhor fase com Ferrari

Sainz já teve alguns bons momentos com as cores da Ferrari, mas o atual deve ser mesmo o melhor. Mais uma pole, outra grande atuação e aquela carinha de que vai mesmo tomar o papel de líder da equipe. A tarefa no domingo não é simples, os italianos sofrem desde sempre com o desgaste dos pneus, mas, com a Red Bull tão longe, é a chance do ano de vencer, né? E Leclerc está também neste bolo, mas saindo de terceiro. É uma oportunidade dupla deles. Real.

Red Bull vive show de horrores. E poderia ser até pior não fosse a FIA

Cinco anos depois do GP da Rússia de 2018, a Red Bull volta a ficar sem carro algum no Q3. A atuação na classificação de Singapura foi vexatória de todas as partes, com erro de Pérez, um carro bastante problemático e um Verstappen absolutamente irreconhecível. Irritado no rádio, o holandês sai de 11º e só não é pior porque os comissários aliviaram bastante. Cabiam, pelo menos, duas punições ali nas três investigações que recebeu. A tendência é de crescimento grande em ritmo de corrida, mas, numa pista travada, até onde podem ir? A sequência de vitórias deve cair.

Lando Norris tem boas chances em Singapura (Foto: McLaren)

Russell bate Hamilton de novo e sonha até com vitória

Com a Red Bull aparentemente fora de combate, virou meio que a grande chance de todo mundo, sejamos honestos. Assim, a Mercedes precisa sonhar e quem está em melhor posição ali é Russell. Uma boa largada, uma estratégia certeira, a Ferrari sofrendo com pneus, enfim, são várias as possibilidades. Tem jogo e até Hamilton pode entrar no balaio.

Norris vai bem e, pasmem, também pode vencer

Mesma coisa: sem a Red Bull no top-10, isso acaba virando a grande chance de todo mundo. Em quarto e com simulação de corrida muito promissora, Norris precisa pensar em tentar a primeira vitória da carreira, sim. A McLaren atualizada está com o inglês e pode bater de frente com Ferrari e Mercedes, enquanto a de Oscar Piastri só pontua com milagre.

Haas brilha do nada e quer beliscar Aston Martin e Alpine

A ‘F1 B’ parecia morta em Singapura, mas Haas, Alpine e até AlphaTauri resolveram brincar. E os americanos foram os principais destaques, com dois carros no Q3 e o sonho de beliscar pontos fundamentais para o campeonato. É ver se os pneus não acabam em 15 voltas, mas a chance está aí. Ao menos pode pegar uns 3 pontinhos, vai.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP da Singapura, em Marina Bay, 15ª etapa da temporada 2023. No sábado e no domingo, classificação e corrida também contam com transmissão em SEGUNDA TELA, NA GPTV, EM PARCERIA COM A VOZ DO ESPORTE. No domingo, a largada está marcada para as 9h (de Brasília, GMT-3).

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.