Acidente impressionante de Magnussen na saída da Eau Rouge destrói chassi da Renault e força bandeira vermelha

Kevin Magnussen encheu a barreira de pneus na Raidillon, a saída da Eau Rouge, de forma assustadora. O dinamarquês destruiu o chassi da Renault, mas saiu sem maiores problemas. Para remontar a barreira, a direção de prova deu bandeira vermelha

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O GP da Bélgica da F1 deste domingo (28) começou inteiramente caótico. Depois da primeira volta louca e uma chamada de safety-car virtual, Kevin Magnussen deu uma pancada impressionante na temida curva Raidillon e destruiu o chassi da Renault. Por sorte, Magnussen saiu do carro tonto, mas inteiro.

 
Durante a quinta volta da prova, Magnussen tocou a zebra de dentro e sentiu o carro #20 desequilibrado. A manobra de Kevin para consertar não deu certo, acabou sendo uma aceleração feita cedo demais e o carro foi descontrolado até a barreira de pneus.
 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});
(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
De tão forte, a pancada fez com que o protetor de cabeça instalado no cockpit saísse voando – um erro inaceitável e muito perigoso. Magnussen saiu do carro visivelmente tanto, mas aparentemente sem qualquer lesão mais séria. Depois acabou sendo levado ao centro médico da pista para avaliar uma possível contusão no tornozelo esquerdo.

On board da pancada (Foto: Reprodução/Twitter)
Após quatro voltas de safety-car, a direção de prova resolveu dar bandeira vermelha para reconstruir uma barreira de pneus em frangalhos na Raidillon. A relargada aconteceu cerca de 20 minutos depois, às 9h41 (de Brasília). Nico Rosberg, Daniel Ricciardo e Nico Hülkenberg são os três primeiros colocados.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e EM TEMPO REAL.
 
PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube