Albon revela insatisfação com pneus, mas diz que 6º no grid de Singapura “não é ruim”

Alexander Albon seguiu a linha de Valtteri Bottas sobre os pneus não serem resistentes em Marina Bay e aponta para a estratégia da Red Bull como fundamental para conquistar pontos neste domingo

Alexander Albon acredita que há muito trabalho a ser feito após obter a sexta posição na classificação do GP de Singapura neste sábado (21). O tailandês ficou 0s6 atrás do companheiro de Red Bull, Max Verstappen, que vai largar em quarto na cidade-estado.
 
O #23 taurino analisou seu desempenho durante o treino. “Claro que gostaria de ter terminado um pouco mais à frente hoje e ainda há muito a se fazer, mas, no geral, achei que não foi um resultado ruim”, disse.
 
Porém, houve um ponto que o frustrou em Marina Bay. O tailandês seguiu a linha de Valtteri Bottas e criticou o desgaste de pneus durante a classificação. “Não parecem aguentar muito bem”, afirmou, categórico.
Alexander Albon (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Para Albon, o treino deste sábado marcou uma retomada de confiança e ressaltou a ascensão de seu aprendizado com a Red Bull. “Cada vez mais, estou entendendo como fazer o carro andar mais rápido nesta pista, que é muito técnica”.

 
O tailandês espera marcar pontos fundamentais em Marina Bay para subir na classificação da Fórmula 1. “Espero uma corrida longa e difícil, a estratégia será importante amanhã, mas vou me concentrar nos pontos positivos, tomar um banho frio antes da prova para estar pronto para lutar por um grande resultado”, afirmou.
 
O GP de Singapura, 15ª etapa da temporada 2019 da Fórmula 1, alinha seus 20 carros a partir das 9h10 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL. Siga a cobertura aqui

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar