Alonso agradece por chuva e comemora primeiro ponto em 2015 com ressalva: “Talvez não merecêssemos tanto”

Fernando Alonso agradeceu ao clima pelo primeiro ponto da temporada e ressaltou como é importante para o moral da McLaren. Mas ele ainda é Fernando Alonso e disse que talvez seja um ponto num dia que não merecia tanto

Quase ninguém notou Fernando Alonso entre as voltas dois e 52 do GP da Inglaterra deste domingo (5), mas o bicampeão mundial terminou a corrida em Silverstone como o primeiro ponto conquistado na volta à McLaren – o tento de debute da temporada 2015.
 
Alonso apareceu na primeira volta por conta da confusão entre as duas Lotus e as duas McLaren. Apenas o espanhol se salvou, mas não ileso: precisou ir aos boxes e deu sorte que o safety-car foi à pista. Aí, então, foi contar com quebras e problemas, além da chuva. Ele passou quase imperceptível, mas pontuou. Talvez não tenha merecido tanto, segundo ele mesmo.
 
"Foi o primeiro ponto deste projeto para mim, ainda que tenhamos sido forçados a suar. Desde a primeira curva já tivemos algum problema com as Lotus, que se encontraram numa disputa bastante agressiva. Depois ainda fizemos contato as duas McLaren. Levei a melhor porque consegui continuar e, graças ao safety-car, consegui emparelhar com o pelotão", disse.
 
"Na parte final, estávamos fora dos pontos e tentamos arriscar colocando os pneus intermediários quando vimos a primeira gota. Ainda tivemos que seguir um tempo com os intermediários em pista seca, mas ao final deu tudo certo. Foi o primeiro ponto deste projeto e ainda vem muito mais", explicou.
Fernando Alonso finalmente saiu do zero e pontuou neste domingo na casa da McLaren (Foto: Reprodução/TV)
"Espero que venham muito mais pontos. O primeiro é importante para a McLaren, a moral, todos que trabalham incansavelmente. Também para compensar por vezes onde talvez merecíamos mais, como em Barcelona ou Mônaco. Hoje talvez não merecêssemos tanto, porque éramos 11º colocados, mas conseguimos com a chuva", seguiu.
 
Mas o décimo lugar continua não deixando Fernando muito feliz.
 
"Tampouco posso dizer que acabar em décimo seja acabar bem, porque queremos ser campeões do mundo, e isso requer trabalho e disciplina enormes. A equipe está concentrada, seguindo um plano de trabalho concreto. As próximas corridas serão com melhoras. Talvez não vejamos por conta das punições que nos farão largar lá atrás, mas a intenção é acabar o ano em outro nível, onde terminar nos pontos seja normal, não notícia", encerrou.  
 
Quanto a corrida ter sido divertida, o que todo mundo está afirmando, Alonso fez uma ressalva: divertida para Mercedes e Williams.
 
"Suponho que tenha sido divertida para os líderes, porque Mercedes e Williams lutaram, mas para mim não foi divertida, porque andei sozinho o tempo inteiro. É melhor quando tem briga, mas teve as incertezas da chuva nas últimas duas… Enfim, espero que haja corridas mais divertidas", seguiu.
 
Com um ponto, agora Alonso está à frente das Manor Marussia na classificação do campeonato.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube