Alonso e Bottas passam nos exames médicos da FIA e são liberados para disputar GP da Malásia de F1

Fernando Alonso e Valtteri Bottas foram submetidos à avaliação do departamento médico da FIA nesta quinta-feira (26) em Sepang e passaram, ficando assim liberados para disputar o GP da Malásia deste fim de semana

Fernando Alonso e Valtteri Bottas receberam o OK do corpo médico da FIA para disputar o GP da Malásia neste fim de semana. Ambos perderam o GP da Austrália, realizado há duas semanas, devido a lesões. Nesta quinta-feira (26), foram reavaliados em Sepang e liberados.

Alonso está longe do cockpit desde o dia 22 de fevereiro. No quarto e último dia de trabalhos da segunda bateria de testes da pré-temporada, o bicampeão sofreu um acidente estranho na curva 3 do Circuito da Catalunha, em Barcelona, e teve uma concussão. Depois de três noites de internação, voltou para casa e perdeu não só a última semana de testes, mas também a primeira corrida do ano.

Fernando Alonso nos boxes da McLaren em Sepang nesta quinta (Foto: Getty Images)

Durante este período, diversas teorias surgiram a respeito das causas do acidente e de seu estado de saúde. Sabe-se que ele perdeu a consciência e teve lapsos de memória após a batida, mas não há detalhes. Tentando esfriar os rumores, a McLaren e o espanhol divulgaram um vídeo com uma declaração do piloto e fotos de treinamentos físicos para tentar convencer de que o Fernando passava bem.

Agora ele está de volta para reestrear pela equipe que defendeu em 2007. Coincidentemente, naquele ano, a primeira vitória de Alonso foi em Sepang.

Pelo Twitter, agradeceu à FIA e à McLaren pelo "trabalho, profissionalismo e ajuda no último mês".

No GP da Austrália, Alonso foi substituído pelo dinamarquês Kevin Magnussen, que se classificou na 18ª posição e sequer largou: o motor Honda explodiu na volta de alinhamento. Desta forma, o titular da McLaren já começa 2015 no prejuízo, com apenas três das quatro unidades de força que tem à disposição para toda a temporada.

Valterri Bottas desceu do carro sentindo muitas dores em Melbourne (Foto: Getty Images)

Já Valtteri Bottas sentiu uma lesão nas costas durante o treino classificatório da F1 em Melborne. O finlandês ainda terminou a sessão e garantiu o sexto lugar no grid de largada, mas depois teve de ser encaminhado ao hospital, onde passou a noite. Lá, foi constatada uma ruptura em um tecido das costas, e no dia seguinte ele foi vetado pelos médicos da FIA e impedido de correr.

Desde então, o piloto de 25 anos se submeteu a um intenso trabalho de fisioterapia para garantir que estaria em condições de competir na Malásia. A equipe elogiou sua determinação visando a recuperação e o retorno ao cockpit.

Devido a sua ausência de última hora, a Williams correu apenas com Felipe Massa na Austrália, com o brasileiro concluindo a prova na quarta colocação.

ISQUEIRINHO

A FIA divulgou a lista de coletivas do fim de semana do GP da Malásia e vai opor as parceiras em estado de guerra. Cyril Abiteboul, diretor da Renault, e Christian Horner, da Red Bull, vão estar na sala de coletiva/ringue na sexta-feira para o segundo assalto da F1 2015. Depois das trocas de farpas, o clima esquentou tanto que Abiteboul divulgou uma foto de um par de luvas de boxe que está levando para Sepang. Coisas de uma categoria mais agitada fora das pistas…

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube