Alonso observa evolução recente da McLaren, mas “quer muito terminar temporada e focar em 2016”

Por mais que tenha notado progresso no pacote da McLaren Honda nas provas dos Estados Unidos e México, Fernando Alonso já está cansado de andar atrás no grid e já sonha com dias melhores em 2016: “Temos algumas grandes esperanças de que o ano que vem será melhor que 2015”

Fernando Alonso não vê a hora de terminar a temporada. Cansado de se arrastar no fim do grid e ter de lidar com problemas aqui e ali, como o ocorrido no último GP do México, quando completou apenas uma volta antes de abandonar, o bicampeão sonha e espera por dias melhores em 2016. Por isso, quer muito começar de vez os trabalhos no projeto do carro do ano que vem, apesar de observar progresso recente no pacote da McLaren entre as corridas em Austin e no Autódromo Hermanos Rodríguez.
 
Mas o fato é que a temporada 2015 tem sido bem frustrante para Alonso, que no México registrou seu oitavo abandono na temporada. Os números são comparáveis apenas ao ano da sua estreia no Mundial de F1, pela Minardi, em 2001, quando Fernando abandonou nove corridas. E no período entre 2010 e 2014, nos seus anos correndo pela Ferrari, Alonso abandonou as mesmas oito provas que registrou nesta temporada.
Ansioso para começar de vez os trabalhos visando 2016, Alonso só quer que a temporada termine logo (Foto: McLaren)
Por isso, mais do que nunca e apesar da evolução observada nas últimas provas, Alonso só sonha em fechar os trabalhos do Mundial em Abu Dhabi para voltar a trabalhar de olho em dias melhores no ano que vem.
 
“Nós fomos um pouco mais competitivos [no México] do que pensávamos antes de virmos, tanto em Austin como no México o carro esteve no rumo certo. Aerodinamicamente, tivemos algumas melhorias que introduzimos em Austin e o carro entregou aquilo que era esperado, e o motor também melhorou a cada corrida com a especificação e, definitivamente, há mais performance lá”, avaliou o piloto em entrevista veiculada pelo site ‘F1i.com’.
 
“Acho que o pacote como um todo está melhorando a cada corrida. Vamos dizer que não é ruim que a temporada esteja terminando porque nós queremos muito isso, terminar o campeonato e focar em 2016, mas nós temos uma tendência muito positiva no pacote e espero que possamos manter essa tendência mesmo sem corridas ou testes no inverno”, acrescentou o bicampeão do mundo.
 
Alonso reforçou sua fé no trabalho da McLaren e acredita que 2016 só poderá ser melhor. “Nós temos algumas grandes esperanças para o ano que vem de que ele será muito diferente de 2015. Esperamos por isso e todos nós estamos trabalhando por isso. Nos próximos três ou quatro meses serão muito importantes e todos nós estamos unidos durante os momentos complicados e nos momentos bons, muito em breve”, finalizou o espanhol de 34 anos.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube