Alonso se empolga com novas regras e carros mais próximos do que F1 deve ser: “Não temos mais tempo para cafezinho”

Fernando Alonso aprovou os novos carros da F1. E afirmou que a maior das categorias voltou a ser difícil. O bicampeão brincou e disse que, agora com a maior velocidade em curva, os pilotos não têm mais tempo para um cafezinho

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Embora ainda falte velocidade e potência ao carro da McLaren, Fernando Alonso gostou das mudanças feitas na F1 e acha que agora os pilotos não têm mais tempo "para um cafezinho" na hora de reagir aos erros. Para o espanhol, a nova geração de carros exige uma resposta mais imediata para evitar as falhas. O bicampeão ainda foi mais longe e disse estar feliz porque o livro de regras também deixa claro a diferença entre os pilotos. 

 
O regulamento de 2017 do Mundial determinou carros mais largos e mais velozes também, especialmente em curvas, por isso o veterano entende que os pilotos enfrentam um cenário novo na comparação com os últimos anos. "Quando você perde o carro um pouco de traseira, é difícil de recuperar porque agora estamos mais rápidos em curvas", afirmou o piloto de 35 anos.
 
"Então, você tem apenas meio décimo de segundo para reagir. No ano passado, tínhamos quatro segundos. Podíamos tomar um cafezinho enquanto fazíamos as curvas", brincou. "Definitivamente, estamos agora em uma categoria bem diferente e mais alinhada com o que é a F1. Estou feliz que um carro de F1 é mais veloz em curva do que um GP2 [agora chamado F2] ou um carro da Super Fórmula [campeonato de monopostos japonês]", acrescentou o asturiano.
Fernando Alonso (Foto: AFP)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Apesar das críticas sobre o impacto que o regulamento terá nas corridas, especialmente no que diz respeito às ultrapassagens, Alonso não se mostrou particularmente preocupado. "Os carros estão mais divertidos de pilotar, a velocidade em curva está de volta ao deve ser em um carro de F1. Acho que os fãs também vão gostar dessa sensação vendo da arquibancada."

 
"Também na TV ficaram melhores. Porém, acho que ainda estamos perdendo em termos de som, porque isso fazia parte do DNA da F1, mas creio que isso não volta mais. De qualquer forma, penso que estamos em uma boa posição e que teremos bons anos pela frente em termos de espetáculo", emendou.
 
Por fim, o titular da McLaren se disse feliz com as novas regras porque agora o piloto faz mais diferença na condução dos carros. "Os carros estão mais difíceis e vimos que as equipes têm optado por pilotos experientes, e isso é bom", concluiu o espanhol.
 
PADDOCK GP #70 FAZ PRÉVIA DE ABERTURA DAS TEMPORADAS DE F1 E MOTOGP E LEMBRA PACE

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube